Gravidez e filhos

Gay solteiro realiza sonho de ser pai e adota 4 crianças com deficiência

Reprodução/Daily Mail
Ben e os filhos Jack, 10 anos, Ruby, 7, Lily, 5, e Joseph, 2 Imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL, em São Paulo

28/10/2017 15h40

Aos 33 anos, o inglês Ben Carpenter tem sido chamado de "inspiração" e até considerado um herói depois de ter adotado quatro crianças com deficiência. O que torna a história mais marcante é o fato de ele ser gay e não ter um parceiro para dividir os cuidados dos filhos Jack, 10 anos, Ruby, 7, Lily, 5, e Joseph, 2.

Segundo as informações da versão online do jornal britânico "Daily Mail", Carpenter ainda pensa em adotar o quinto filho. "As pessoas me chamaram de santo e dizem o que eu faço é notável, mas eu só queria ser pai e adotar é minha forma de fazer isso acontecer. Esse é o meu destino", falou em entrevista à publicação.

Há mais de dez anos, quando começou essa jornada, Carpenter se tornou um dos mais jovens homossexuais do Reino Unido a adotar uma criança. Foram cerca de três anos para convencer as autoridades de que ele tinha maturidade e habilidades para ser um bom pai. Desde que foram adotadas, todas as crianças fizeram progressos significativos e surpreenderam os assistentes sociais e os profissionais da saúde.

"Me perguntam o tempo todo como consigo fazer isso. Minha mãe Rita é um grande apoio para mim e minha amiga Jeanette é uma mulher incrível e me ajuda. Também recebo apoio de uma instituição de caridade, a Adoption UK."

Sobre relacionamentos amorosos, Carpenter disse que ser solteiro não é um problema. "Gosto de fazer as minhas coisas. No final do dia, tenho minha uma xícara de chá, uma fatia de bolo e não ouço ninguém roncando", contou.

Quando não está com os filhos, ele trabalha para orientar as pessoas sobre a importância da adoção. "Celebro e promovo a adoção. É a coisa mais gratificante, satisfatória e desafiadora que eu fiz."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
do UOL
Redação
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Topo