Estilo de vida

Como Yanna Lavigne, outras famosas que abraçaram a sororidade feminina

Montagem sobre Getty Images
Algumas das atrizes que relataram assédios e abusos nas mãos do produtor Harvey Weinstein Imagem: Montagem sobre Getty Images

Bárbara Tavares

Do UOL, em São Paulo

13/11/2017 22h19

A atriz Yanna Lavigne usou seu Instagram para fazer um desabafo na madrugada dessa segunda-feira. "Já passei por muita coisa nessa vida, tipo barra pesada. Me acho forte. Quer dizer, médio forte. (...) Nós mulheres somos assim, temos o mundo nas mãos, mas desconhecemos esse poder", escreveu ela.

Em seguida, o post ganhou tom de apelo pela união das mulheres: "A gente nega nosso poder o tempo todo diminuindo o poder das próximas... Se acha poderosa deixando outra pra trás... Respeite! As diferenças, o que está fora do seu alcance de entendimento, apenas, respeite! Respeite-se, respeite-me, respeite-a! Não faça com as outras o que não gostaria que fizessem com você".

 

Já passei por muita coisa nessa vida, tipo barra pesada. Me acho forte. Quer dizer, médio forte. Por exemplo: não sei onde estará minha fortaleza quando Madá num rompante de raiva disser “mãe, te odeio” ou sou forte o suficiente pra ter certeza que, criada por mim, ela nunca o fará. Nós mulheres somos assim, temos o mundo nas mãos, mas desconhecemos esse poder. Ou pior, fraquejamos sem se quer acreditar nele, gongamos outras, julgamos algumas, incrédulas manipulamos sentimentos, forçamos sensações, negamos nossa intuição nata, anulamos umas às outras... Nego quando sei que você é meu espelho, mas me finjo de cega pra pegar seu namorado sem culpa... Nego quando acredito nas pessoas, mas quando vejo você gestando logo solto: “Acha que barriga segura homem” “Não tomou pílula porque não quis” “Essa só queria pensão” “Ela perdoou, como é idiota...” Nego quando opino na relação da outra, sendo que essa relação não diz respeito a mim. A gente nega nosso poder o tempo todo diminuindo o poder das próximas... Se acha poderosa deixando outra pra trás... Respeite! As diferenças, o que está fora do seu alcance de entendimento, apenas, respeite! Respeite-se, respeite-me, respeite-a! Não faça com as outras o que não gostaria que fizessem com você. Se eu pudesse me inspirar em alguém, seria em mim... então pera aí... Eu sou forte pra caceta! Amo quando mulheres alimentam outras mulheres a amarem a si mesmas. É assim que funciona: quando uma Mulher resolve curar-se, ela se transforma em uma obra de amor e compaixão. Ela não se torna saudável apenas para si, mas também a todas a sua volta. Que tenha início, meio e final feliz! Caminhemos lado a lado!

A post shared by Yanna Lavigne (@yannalavigne) on

O texto, que ganhou força dos seguidores e, principalmente, seguidoras de Yanna, nos serviu de inspiração para lembrar de outras famosas que já levantaram a bandeira da sororidade feminina. Girl power!

Beijinho no ombro?

Um dos hits mais famosos de Valesca Popozuda, "Beijinho no Ombro" não passa uma mensagem tão positiva, não é mesmo? Pois a cantora percebeu que incentivar rivalidade não tá com nada e alterou a letra da própria música. "Desejo a todas as amigas vida longa. Unidas vamos conquistar ainda mais vitórias. E vamos em frente, parceria é nossa onda. Sem intriga, sem caô, amiga colabora".

Aliança entre mulheres

A atriz Giselle Itié revelou à revista "Glamour" que foi estuprada por um namorado quando tinha 17 anos. No depoimento, ela escreveu: "fui estuprada pelo último homem que eu poderia imaginar". Muitos internautas fizeram comentários na matéria do tipo: "Estuprada pelo namorado? Que história estranha!". Em seguida, a atriz recorreu ao Instagram para desabafar e pedir mais sororidade, mais respeito e uma aliança feminista entre as mulheres.

 

Sobre os comentários agressivos e equivocados de Mulheres em relação à um texto que escrevi sobre um abuso sofrido por uma menina de 17 anos. Eu. S O R O R I D A D E É a união, a aliança FEMINISTA entre mulheres. Feminista? É uma Pessoa que acredita na IGUALDADE de direitos entre Mulher e Homem. Voltando para a idéia de irmandade, a Sororidade é muito importante para nós Mulheres combatermos a sociedade Machista. Machista? É uma Pessoa que recusa a igualdade de direitos entre Mulher e Homem. Acreditando que o homem é superior à mulher. Agora sim, voltando a Sororidade (ufa!) Quando Nós Mulheres somos unidas e levantamos a bandeira à favor da nossa liberdade e igualdade de gêneros. Nós Mulheres nos tornamos mais fortes para combater a Sociedade Machista. Quando leio comentários de Mulheres julgando o abuso que sofri e/ou violência que a Mulher sofre todos os dias. Julgando como? Reagindo com insensibilidade e indiferença. Acreditando que a vítima "ajuda" para que o agressor seja violento. Bem, é muito frustrante perceber esse tipo de reação ainda mais de Mulheres. Percebo que as Mulheres Não Machistas também se sentem agredidas e de alguma forma se distanciam das Mulheres Machistas. E eu me pergunto, cadê a Sororidade? Mas não pergunto para essas Mulheres Machistas e Equivocadas. Pergunto para nós, Mulheres que se sentem agredidas pelas Machistas. Cadê a Sororidade? Para ajudar a me explicar, segue um texto do site "naomecalo.com" : Lembra quando reproduzíamos um machismo ferrado ao falarmos que mulher tem que se dar o respeito? “Ué, não quer engravidar, que tome as devidas precauções, que não abra as pernas”, “Nossa, vai sair com essa roupa? Está parecendo uma vadia!”. Vamos fazer uma dinâmica? Fechem os olhos e tentem se lembrar da época em que não conheciam o feminismo, e quando até conheciam, mas achavam que era um movimento de mulheres infelizes e insatisfeitas com a vida. E aí, lembraram? Lembrem-se também do momento em que foram salvas, em que uma mão amiga foi-lhes estendida mostrando-lhes o caminho; de um artigo sobre feminismo lido após aquela manchete de feminicídio que ficou em sua cabeça por dias; (cont. nos comentários) ❤️

A post shared by GiseLLe ItiÉ (@gitie) on

Recado de campeã

Serena Williams é uma lutadora ativa dos direitos das mulheres. Em entrevista à revista "The FADER", a tenista falou sobre os padrões de beleza e das críticas ao seu corpo musculoso. "As pessoas falam sobre meu corpo há muito tempo. Coisas boas e ruins. As pessoas têm direito de ter suas opiniões, mas o mais o importante é o que eu sinto sobre mim. Ou você gosta do jeito que sou ou não.", disse, e ainda enfatizou a importância das mulheres se aceitarem: "Essa é a mensagem que eu tento dizer a outras mulheres, e em especial para as mais jovens: Você tem que se amar, se não ninguém vai te amar".

Mexeu com uma, mexeu com todas

Reprodução/TV Globo
Atrizes da Globo falam no "Vídeo Show" sobre campanha contra assédio após polêmica com Zé Mayer Imagem: Reprodução/TV Globo

O caso Zé Mayer acendeu uma revolução digital entre as atrizes globais. Famosas como Fátima Bernardes, Fernanda Lima, Bruna Marquezine e Tatá Werneck usaram suas redes sociais para realizar um protesto contra o assédio sexual com a hashtag #ChegaDeAssédio. O assunto tomou proporções tão grandes que o ator foi afastado da Rede Globo.

#MeToo

A hashtag foi compartilhada nas redes sociais por mulheres e homens que sofreram algum tipo de agressão sexual. A iniciativa teve início depois das alegações de estupro contra o poderoso produtor cinematográfico americano Harvey Weinstein, um dos mais poderosos nomes de Hollywood, acusado de estupro e agressão sexual por mais de duas dezenas de mulheres - incluindo as atrizes Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow e Rose McGowan. Lady Gaga, Gal Gadot, Alyssa Milano e Eva Rachel Wood foram algumas das celebridades que apoiaram a causa.

 

A post shared by Gal Gadot (@gal_gadot) on

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo