Gravidez e filhos

Suicídio de menina de 11 anos infeliz com sua aparência choca a Irlanda

Reprodução
Milly Tuomey Imagem: Reprodução

Do UOL

04/12/2017 11h11

Um caso ocorrido no início de 2016, mas revelado somente agora, chocou a Irlanda e faz o alerta sobre problemas de autoimagem em jovens. Segundo a imprensa local, a garota Milly Tuomey, de apenas 11 anos, cometeu suicídio após postar uma mensagem em que dizia estar infeliz com sua aparência.

Veja também

Alertados pelos amigos da criança, os pais de Milly chegaram a levá-la para acompanhamento psicológico desde o fim de 2015, e nessa época eles descobriram um diário da garota, em que contava sua vontade de morrer. A menina também teria se cortado e escrito “garotas bonitas não comem” com seu sangue, segundo a mãe, em entrevista ao "The Irish Examiner".

Reprodução
Imagem: Reprodução

"Estávamos aterrorizados e não sabíamos o que fazer", disse a mãe, que hoje participa de grupos de prevenção ao suicídio.

No dia 1º de janeiro de 2016, Milly se disse entediada e subiu para seu quarto, onde foi encontrada pouco tempo depois em estado crítico. A menina morreu três dias depois.

O caso, apesar de revelado quase dois anos depois, gerou uma onda de alertas para pais e educadores no país, que cobram mais políticas públicas para a prevenção do suicídio entre crianças e jovens.

Alerta mundial

Segundo os dados mais recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde), de 2012, o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Ainda de acordo com a agência, 800 mil pessoas tiram a própria vida em todo o mundo por ano.

Série levantou o tema

No início deste ano, a série "13 Reasons Why" e o jogo "Baleia Azul" levantaram a questão e deixaram pais e educadores em alerta sobre como abordar e prevenir o suicídio entre jovens. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo