Adolescência

Seu filho adolescente é responsável?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Em uma fase em que quer mais autonomia, o adolescente deve assumir responsabilidades. Seu filho está maduro para avaliar as consequências de seus atos? Faça o teste, que tem consultoria da psicóloga Cecília Zylberstajn

  • Getty Images

    No caminho da maturidade

    Pode ficar tranquilo: seu adolescente está se tornando um adulto responsável. "Responsabilidade é a capacidade de responder pelos próprios atos", define a psicóloga Cecília Zylberstajn. Cultivada desde a infância, é a responsabilidade que confere ao adolescente condições de se inserir na sociedade de maneira mais autônoma, com passos seguros. Isso não quer dizer que ele concordará com tudo o que os pais fazem, pois a contestação é característica da idade. Mas, ao buscar o próprio caminho, ele saberá arcar com as consequências de suas escolhas

  • Getty Images

    Adulto demais para a idade

    Responsável, maduro, preocupado: assim é o seu filho, um modelo de bom comportamento. Mas atenção: ele pode estar queimando uma importante etapa do desenvolvimento. "Na adolescência, existe a tendência a rejeitar tudo o que é dos pais. Em uma próxima fase, o adolescente incorpora o que acha bom na família, por vontade própria. Aquele que é certinho demais, em geral, não faz esse movimento", diz a psicóloga Cecília Zylberstajn. Ela alerta que, em alguma fase posterior da vida, o jovem poderá perceber essa lacuna e se frustrar. Além disso, vale a pena refletir: essa é mesmo uma característica de personalidade ou o seu adolescente está se sentindo pressionado a agir assim?

  • Getty Images

    Cabeça de criança

    É até natural que o adolescente queira ter toda a diversão com o mínimo de responsabilidade, pondera a psicóloga Cecília Zylberstajn. Mas, agindo de forma inconsequente, os riscos podem ser grandes. Só para citar um exemplo, de acordo com o Ministério da Saúde, o maior crescimento de casos de Aids está entre jovens de 15 a 24 anos. Observe, no entanto, que a conquista da responsabilidade é um processo gradativo. "Se ele não foi ensinado até agora, não adianta cobrar tudo de uma vez. Muitos pais superprotegem e depois reclamam que os filhos são imaturos", diz a psicóloga Cecília Zylberstajn

  • Getty Images

    Irresponsável por pura rebeldia

    Mudanças hormonais podem fazer os adolescentes ficarem mais impulsivos e rebeldes. E agir de maneira irresponsável ?exatamente o contrário do que os pais querem? pode ser a forma encontrada pelos jovens para chocar. "Negar o sistema é um comportamento natural na busca da própria identidade", diz a psicóloga Cecília Zylberstajn. Contudo, é preciso que o adolescente saiba que toda ação tem consequência. Então, se você tentar consertar o que ele faz de errado, estará reforçando a irresponsabilidade dele. Melhor do que isso é buscar estabelecer regras de conduta quando dialogarem e, ao mesmo tempo, certificar-se de que elas estão sendo cumpridas

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
Vya Estelar
do UOL
do UOL
Revista Ana Maria
BBC
UOL Cinema
Folha de S. Paulo
UOL Educação - BBC
do UOL
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
Disney Babble
BBC
do UOL
Folha de S. Paulo
do UOL
Redação
UOL Notícias - Educação - Enem
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Guia do Bebê
BBC
Estadão Conteúdo
Disney Babble
do UOL
do UOL
Maternar
do UOL
do UOL
Guia do Bebê
Disney Babble
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
BBC
Folha de S. Paulo
do UOL
Revista Ana Maria
Redação
Topo