Gravidez e filhos

Que tipo de grávida você é?

Getty Images
Imagem: Getty Images

A gestação é um momento único e cada mulher vai vivenciá-lo de maneira diferente. Mas, para todas as futuras mães, esse é um período de muita reflexão e descobertas. Saiba como você está lidando com tantas novidades, a partir de uma análise das suas atitudes, no dia a dia

  • Getty Images

    Superativa!

    Durante a gestação, você se esforça para fazer suas atividades diárias como de costume e não abre mão de sua autonomia. Por isso, a não ser pela barriguinha saliente, quem a vê não diz que está grávida. "Gestantes saudáveis, com bons hábitos de vida e ganho adequado de peso têm maiores chances de se sentirem bem e ativas até o fim da gestação", afirma Alfonso Massaguer, ginecologista pela USP (Universidade de São Paulo). Mas é fundamental respeitar os seus limites e curtir a fase. Afinal, ela passa rápido demais!

  • Getty Images

    Sensível

    Desde que soube que estava grávida você ficou mais sensível, menos disposta para realizar as atividades do dia a dia. Além disso, sente necessidade de receber atenção extra das pessoas que estão ao seu redor. "A sensibilidade durante a gestação é um processo físico e emocional. A mulher está inundada de hormônios que a deixam assim", explica Daniela Andretto, psicóloga materno-infantil pela USP (Universidade de São Paulo). O único cuidado é não criar expectativas demais e entender que nem todos terão tolerância com o seu comportamento, principalmente no trabalho.

  • Getty Images

    Tranquila

    Você provavelmente se planejou para engravidar e está vivenciando essa etapa de maneira tranquila, sem sobressaltos. Você aproveita cada nova experiência e até se dá o direito de contar com algumas regalias, mas sem exagerar. "Quem lida dessa forma com a gestação geralmente desejou muito a gravidez, conta com o apoio dos familiares e, provavelmente, teve uma relação agradável com a própria mãe", diz Rafaela Schiavo, psicóloga perinatal pela Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho)

  • Getty Images

    Super-mãe!

    Plena! É assim que você se sente grávida. Está tão envolvida com o momento que considera até abdicar da sua vida profissional para se dedicar inteiramente à maternidade. "Se essa questão estiver bem resolvida para a mulher, a decisão não será estressante ou problemática", declara a ginecologista Silvia Regina Piza Ferreira Jorge, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Além disso, você se preocupa em compartilhar suas experiências com outras grávidas e com as pessoas que ama. Assim, está estabelecendo uma rede de apoio que será extremamente importante quando o seu bebê chegar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo