Horóscopo

Céu de abril de 2017: a gritaria por justiça pode ser grande

Getty Images
Imagem: Getty Images

Barbara Abramo

01/04/2017 00h00

"Abril é o mês mais cruel” – T. S. Elliott

Começamos o mês sob a tensão do generoso Júpiter em conflito com o controlador Plutão, aspecto que dá o tom da primeira semana, na qual o impulso de fazer justiça com equilíbrio (Júpiter no justo Libra) bate de frente com a manipulação de grupos que não querem largar o osso (leia-se Plutão em Capricórnio, o signo dos ossos). A Lua crescente em Câncer acentua a necessidade de coordenar ousadias e costumes, razões de Estado e configurações regionais.

A segunda semana traz desacerto astral em dose tripla. Saturno, representando limites e burocracias, assim como grupos interessados na manutenção do atual estado de coisas, começa a retrogradar. Em movimento aparente ‘para trás’, propõe até agosto uma profunda reflexão sobre prioridades e qualidade da justiça (Sagitário é o outro signo de justiça, junto com Libra). Até agosto, leis, regras e decisões serão revistas e readequadas à realidade possível. Isso pode incidir diretamente nas reformas que estão sendo propugnadas: previdência em primeiro lugar.

Entre 7 e 10 de abril, a tensão entre Sol, Júpiter e Plutão aponta disputas entre o Governo Federal e as tais forças mencionadas acima. Será um momento de exageros, ultimatos e pressões, uma grande prova para o Governo Federal. A economia, por outro lado, segue caminhando mal: Sol e Júpiter indicam desacerto em relação a acordos internacionais. No mês passado, até mencionei problemas com outros países, mas não estava claro em que setores seriam; só mais tarde vimos que se tratava da polêmica da nossa carne.

Entre 5 e 6, Marte reforça as forças de controle social com o trígono a Plutão, querendo dizer que as iniciativas de controle social estarão mais firmes com decisões tomadas na segunda semana. Para o Brasil, surge um período de grandes desentendimentos em escala regional, que afeta o jogo mais graúdo do Senado e da Câmara Federal.

E neste embalo conflituoso chegamos ao momento da polarização máxima, a Lua cheia em 11 de abril, que acontece em Libra junto com Júpiter. Aí sim, a gritaria por justiça pode ser grande. Manifestações e acontecimentos massivos terão maior adesão se forem feitos nesse período, aliás. No dia 9, Mercúrio entra em retrogradação e assim permanece até 3 de maio. Neste período, tudo será passível de revisão: comunicações e assuntos ligados a ela, assim como estradas e caminhos, documentos, leis e regras. Mercúrio retrógrado é mais complicado ainda para quem nasceu em Gêmeos ou Virgem, ou tem o Ascendente nestes signos.

No período de 11 a 15, Sol e Urano se contrapõem criando um estresse e uma tensão entre interesses sociais e políticos diferentes. Aí, problemas com tecnologia e aviação podem acontecer. Eletricidade pode ser também um problema.

Mas depois desse conflito astral chega um intervalo de paz. Entre 15, dia em que Vênus retoma seu movimento direto em Peixes, e 19, quando Sol e Saturno formam um aspecto estabilizador, a Lua mingua no finzinho de Capricórnio e o Sol entra no prático e estabilizador Touro. Com isso, tudo parece ficar mais previsível, calmo e negociável. Mercúrio e Sol em Touro passam, porém, sobre um ponto importante do mapa do Brasil, representado pela educação, controle de mídia e comunicações. A movimentação será aí, com discursos e debates afirmando e desdizendo isso e aquilo de forma que haverá uma incerteza geral sobre quem conta a verdade e quem a esconde.

Plutão retrograda em Capricórnio no dia 20, e daí em diante, por alguns meses, parecerá que os grandes conflitos pararam e que as maiores contradições podem ser contornadas. Engano. Trata-se apenas de um fôlego para que os grupos conservadores que detêm poder econômico possam reunir forças e vir com mais ânimo ainda em alguns meses.

Nos últimos dez dias de abril, com tantos astros retrógrados, Marte, o planeta do combate, entra em Gêmeos; enquanto isso, Mercúrio e Saturno formam um trígono interessante, revivendo algumas questões que estavam paradas nas leis e reformas. Marte em Gêmeos promete agitar as forças contrárias ao atual Governo Federal, promessa que será realizada em maio. Por outro lado, Mercúrio e Saturno, exatamente por estarem retrógrados e em sintonia, recolocam leis para serem votadas. Aquelas mesmas que provocaram grande discussão em meados de abril.

Finalmente, a Lua nova em Touro no dia 26 cria o cenário perfeito, junto com Vênus em Peixes, para a expansão dos recursos naturais, notadamente as águas, a exportação de produtos marítimos e de matérias primas usadas na indústria farmacêutica. Com Vênus em Peixes até 28 de abril, temos a chance de disseminar vacinação a um maior grupo de crianças brasileiras.

Entre 27 e 29, Mercúrio e Urano em tensão astral avisam que pode haver acidentes e problemas na comunicação, mídia, estradas e viagens internas. Falhas na eletricidade e problemas com as conexões virtuais também são esperados. É indicado ter cópia de documentos valiosos e não empreender viagens nestes últimos dias de abril.

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE ÁRIES:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE TOURO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE GÊMEOS:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE CÂNCER:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE LEÃO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE VIRGEM:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE LIBRA:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE ESCORPIÃO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE SAGITÁRIO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE CAPRICÓRNIO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE AQUÁRIO:

OUÇA O HORÓSCOPO DO MÊS DE PEIXES:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Horóscopo
Erratas
Redação
do UOL
do UOL
Céu do Mês
Cinema
Comportamento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Horóscopo
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
Horóscopo
do UOL
do UOL
Glamurama
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
Horóscopo
do UOL
do UOL
Topo