Horóscopo

Mãe não é tudo igual, e a culpa é do signo! Veja o que diz o zodíaco

Getty Images
Imagem: Getty Images

14/05/2017 04h00

Mãe só muda de endereço. Ou... de signo! Mais liberal ou mais para Capitão Nascimento, do tipo que discute na reunião de pais ou que chora na retrospectiva da festa infantil, elas, definitivamente, não são todas iguais. Confira as qualidades e os defeitos das mães de cada casa do zodíaco:

Fontes: Agnes Katsumata, astróloga; Bruno Lima, João Acuio e Mariana Campos, da escola de astrologia Saturnália; George Jorge e Márcia Bernardo, da Escola Santista de Astrologia e Lilian Marins, astróloga.

  • Áries: "Quem manda aqui sou eu!"

    A mãe ariana conhece o valor da liberdade dela e a dos outros. Entra na maior zoeira com a mesma facilidade com que entra numa briga. Se precisar, ela vai lembrar que, diante dos filhos, é a suprema autoridade e exigir respeito. Talvez aos gritos, talvez dando golpes incertos no ar. Mas olha: não vai passar cinco minutos e ela estará chamando os rebentos para jantar, como se nada tivesse acontecido. Nos programas de criança, sempre parece a mais nova da turma. Não tem vergonha de parecer ridícula e, por isso, é tão divertida.

  • Touro: "Responsa, só que não"

    Filho de mãe taurina costuma ser mimado: ela dá tudo. Muito. Sempre. Mas também espera ter a família reunida em casa todo fim de semana, de preferência, sentada à mesa. Se resolverem sair para comer, com certeza ela vai ganhar dos filhos adolescentes na competição de quem pede o sanduíche maior. "X-Tudo é vida", diria ela! Dar voltinha no shopping também é um convite que a mãe taurina dificilmente recusa. Mas não vale esperar que ela gaste os tubos por puro impulso. A taurina tem o pé no chão e é responsável. Pelo menos é o que está escrito nas estrelas.

  • Gêmeos: "Tô feliz. Quer dizer, tava"

    A mãe geminiana não faz feio na frente da turma. Sabe falar de tudo que é assunto, mas também não faz o tipo intrometida. Só entra onde é chamada. Agora, se percebe que está na hora de fazer uma DR, senta que lá vem história! Aí ela vai falar mais que o homem da cobra. Sempre inquieta, pode sair entusiasmada de casa para voltar, cinco minutos depois, arrasada. Ou vice-versa. Para conviver bem com ela, melhor é desistir de querer encaixá-la em qualquer padrão. E se alguém perguntar se ela morde, apenas avise que não é muito comum isso acontecer. Mas pode rolar. Nunca se sabe.

  • Câncer: "Deixa eu dizer que te amo"

    Não adianta querer esconder nada de uma mãe canceriana: só pelo olhar do filho, ela já sabe tudo o que rolou. E com certeza vai falar a coisa certa, principalmente se precisar consolá-lo depois de um dia difícil. Mãe canceriana é dedicada e extremamente amorosa. Sensibilidade poderia ser o segundo nome dela. Mas se você fizer qualquer provocação ou crítica, ela vai se lembrar disso até o leito de morte, mesmo se estiver completando 150 anos. Melhor não bobear.

  • Leão: "Nunca erro"

    Mesmo que você esteja certo, é bom aprender uma coisa: discutir com uma mãe leonina, expor seus argumentos e tentar negociar será tão eficiente quanto fazer o regime do churros. A parte boa é que, se precisar, ela enfrentará a selva inteira para ver sua prole brilhar. Vai exibir o filho e estimulá-lo a crescer sempre, a ganhar autoconfiança e a desafiar os próprios limites. Passar algumas horas em um cabeleireiro ou em uma clínica de estética é o programa que a faz sorrir de orelha a orelha. Mas não vale criticar o cabelo dela quando sair de lá. Mesmo que pareça uma juba, melhor ficar na sua.

  • Virgem: "Podia ser melhor!"

    Filho de virginiana precisa ter foco. Responsa. Disciplina mesmo. Ela até topa entrar na brincadeira de vez em quando, mas só depois de terminar o trabalho, lavar a louça, encerar o chão -- e a lista nunca acaba. De todas as mães do zodíaco, é a única que realmente faz o que a professora ensina e obriga o filho estudar um pouquinho por dia, em vez de deixar tudo para a véspera da prova. E exige nada menos que 10, óbvio! Mas faz isso pensando no bem do rebento. É também por amor que ela avisa que a roupa nova da filha marcou a celulite. Ou que a tatuagem nova do filho é a coisa mais feia que já viu na vida. Não quer saber a real? Então nem pergunte.

  • Libra: "Só sei que nada sei"

    A mãe libriana é a melhor amiga dos filhos. E dos amigos dos filhos. E se não é, quer ser. Faz o tipo gente boa, equilibrada, paga para não entrar em briga. Também paga para entrar na balada, com o filho ou sem. Só não vale exigir coisas difíceis dela: uma opinião sobre o vestido de noiva, o melhor partido para namorar, o casamento ou a bicicleta... Uma nativa do signo vai pensar meia hora até se você perguntar qual é o sabor de sorvete preferido dela. O bom é que um filho consegue convencê-la facinho a fazer o que quer. Afinal, para a libriana, tudo é relativo.

  • Escorpião: "Tô de olho em você!"

    A mãe escorpiana desconfia até da sombra. Não é que ela não vá com a cara de um dos amiguinhos dos filhos. A questão é que ela vê defeito em todos. Ou quase todos. Se o filho quiser irritar a mãe até a morte, basta esquecer o celular em casa e sair para a balada. Não dá para esperar nada menos do que um barraco daqueles ao voltar. Mesmo que seja às cinco da manhã. Aliás, tem isso: mãe escorpiana não perdoa! Por outro lado, ama intensamente também e jamais -- jamais! -- vai abandonar o filho. Basta um carinho e ela vira um peixinho de água doce. Pelo menos até a página dois.

  • Sagitário: "Tá de brincadeira!"

    A mãe sagitariana é maneira: deixa o filho dormir depois da meia-noite e o libera para comer em frente à TV de vez em quando. Não é que ela seja irresponsável de tudo, ela apenas odeia a rotina. Por isso mesmo, inventa cada brincadeira louca que é natural os filhos crescerem com gosto pela vida. E autoconfiantes, claro. A mãe sagitariana não desiste nunca -- inclusive de suas próprias opiniões. Ela acredita nos filhos, na vida e, se bobear, até na política. Acha que o mundo vai melhorar e, enquanto isso não acontece, se distrai viajando e morrendo de rir por aí.

  • Capricórnio: "Não me desafie!"

    Enquanto você lê esse texto, a mãe capricorniana está trabalhando. Mesmo que seja sábado ou plena madrugada. Afinal, ela não mede esforços para ver seu filho bem, valoriza o esforço e a disciplina. O problema é que, normalmente, deseja que o rebento siga seus passos. Vai marchando na frente e quer o batalhão todo atrás. E ai de quem ousar desafiar suas regras! No contexto, Bope é fichinha! Porém, atrás de seu jeito durão, há uma mãe muito responsável, ética e coerente. Para deixá-la feliz, basta concordar com ela. Mesmo que seja para fazer exatamente o contrário quando ela não estiver perto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Céu do Mês
Peixes
Escorpião
Leão
Gêmeos
Libra
Touro
Câncer
Áries
Virgem
Capricórnio
Sagitário
Aquário
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
Câncer
Aquário
Gêmeos
Libra
Peixes
Sagitário
Touro
Capricórnio
Virgem
Escorpião
Leão
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
Topo