Horóscopo

O inferno astral sempre te pega antes do aniversário? Veja como fugir

Melissa Diniz

Do UOL

10/01/2017 04h03

Falta de paciência, cansaço e mau humor são alguns dos sintomas do período que antecede o aniversário. Mas o inferno astral tem cura e pode até ser evitado. O astrólogo e espiritualista André Mantovanni explica o que é a fase e como contorná-la.

Crença popular

Segundo Mantovanni, a expressão inferno astral não existe formalmente dentro da astrologia. “A ideia foi criada pela crença popular de que, com a proximidade do aniversário, ou seja, da inauguração de um novo ano astrológico pessoal, algumas pendências e desafios da vida surgem com mais intensidade. É como se a vida cobrasse de nós aquilo que não conseguimos aprender e resolver durante os meses que se passaram”, diz.

Mês anterior

Frequentemente, essa sensação aparece um mês antes da data do aniversário, mas, dependendo do momento de cada um, pode surgir com maior antecedência. “Como se trata de um fim de ciclo, podemos comparar com aquela sensação que temos nos últimos dias de dezembro, quando ansiamos pela chagada do ano novo. Ou ainda com o sentimento d éter ficado de recuperação e ter pouco tempo para correr atrás do prejuízo. A intensidade disso vai depender do desgaste energético de cada um.”

Sintomas e dificuldades

No inferno astral, é comum sentirmos cansaço físico e mental, esgotamento, instabilidade de humor, vontade de realizar mudanças e tendência a tomar decisões impulsivas, como largar o emprego ou terminar o relacionamento. “Muitas vezes, passada a fase difícil, a pessoa se arrepende de ter agido por impulso, mas aí talvez seja tarde demais.”

Revolução solar

Mantovanni explica que nosso mapa astrológico natal não muda, ele é um retrato do que estava acontecendo no céu quando nascemos e revela, baseado na posição de cada planeta, nossas principais características e desafios na vida. “No aniversário, acontece a chamada revolução solar, quando o sol retorna à mesma posição em que estava no momento do nascimento da pessoa. Analisar a revolução solar significa fazer o mapa do aniversário e ver quais são as principais tendências e desafios para o os próximos 12 meses.”

Ajuda profissional

A melhor maneira de compreender e vencer esses desafios, afirma Mantovanni, é buscar o autoconhecimento. Para isso, contar com ajuda especializada é muito útil. “Busque o auxílio de um bom astrólogo ou mesmo de um terapeuta para saber como vencer as dificuldades em tempo hábil sem ter que deixar tudo para a última hora.”

Calcanhar de Aquiles

Dependendo do desafio que o ano pessoal trouxe, o final do ciclo pode ser mais ou menos conturbado em algumas áreas da vida. “Se a pessoa precisava ter trabalhado a paciência, mas não conseguiu nos 11 meses anterior, no 12º ela atrairá para si uma série de situações em que será preciso aguardar, esperar, compreender. Será necessário aprender na marra.”

Experiência leve

Já quem aproveitou as oportunidades para crescer e evoluir, certamente não sofrerá. “Tenho certeza absoluta de que esta fase não será ruim para quem tiver mais consciência de seus desafios e aproveitá-los de maneira correta. É por isso que muita gente afirma que não experimenta o inferno astral.”

Energia renovada

A boa notícia é que, por pior que seja o inferno astral, ele tem data para terminar. No aniversário, um novo ciclo se inicia e a energia pessoal é renovada. “Por isso é importante comemorar a data. Algumas pessoas não gostam de fazer aniversário, têm traumas de infância ou medo de envelhecer. Isso precisa ser trabalhado e modificado, pois ao entrar em contato com a alegria da comemoração, renovam-se as esperanças e ativa-se o prazer de viver e a motivação.”

Para rebater o caos

O mais indicado, na opinião do astrólogo é buscar o que doa menos e que possa motivação. , “Faça exercícios físicos, meditação, viaje, passeie, ouça músicas agradáveis, leia bons livros, enfim, tudo o que traga alegria e possa tornar a vida mais dinâmica.”
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Horóscopo
Erratas
Redação
do UOL
do UOL
Céu do Mês
Cinema
Comportamento
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
Horóscopo
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
Horóscopo
do UOL
Glamurama
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Céu do Mês
do UOL
do UOL
do UOL
Horóscopo
do UOL
do UOL
Horóscopo Virtual
Topo