Moda

Boy George encerra Semana da Moda de Londres com desfile espetacular

EFE
Boy George e seu assistente, Mike Nicholls, no final do desfile Imagem: EFE

19/02/2006 19h02

LONDRES (AFP) - A Semana da Moda londrina terminou no último sábado (18) com a coleção outono-inverno do cantor pop britânico Boy George, que apresentou um desfile inspirado "na volatilidade do amor" desenhado para a linha BB-Rude.

Bolsas em forma de granadas, vestidos e calças de tecidos camuflados que levavam os símbolos da paz impressos: Boy George criou uma moda para mostrar que "vivemos em tempos voláteis, nos quais a violência irrompe a qualquer momento".

"O amor também é volátil, um dia amamos alguém loucamente e, depois, queremos matá-lo", comentou o cantor, enquanto as modelos se despiam e tiravam a maquiagem.

Para ele, música e moda "é tudo uma mesma coisa".

Suas criações ajudaram a quebrar a tendência de muitos estilistas, que apostaram sobretudo no preto durante a Semana da Moda.

Hoje, quase todos os modelos que desfilaram a coleção da casa Jean Muir estavam de preto, com casacos de lã leve e peles amarradas na cintura, além de calças acompanhadas de jaquetas curtas e vestidos de noite, em jersey e brocados.

"O preto continua sendo a cor elegante por excelência, mas temos buscado tecidos suaves e fluidos, que o suavizam", disse à AFP Sindy Stemp, da equipe de estilistas Jean Muir.

Jasper Conran, Preen, Noir e Gharani Strok, que mostraram suas criações nestes cinco dias de desfile, também optaram pelo preto, às vezes acompanhado do cinza, bege e suas variações.

Outros, entre eles o duo britânico-brasileiro Basso & Brooke, cujo desfile aconteceu nas catacumbas londrinas, mandaram os tons escuros passear, apostando decididamente na cor, vibrante e quente.

"O inverno está cheio de cor, não são apenas céus cinzas e grandes nuvens pretas, de modo que não vejo por que tenho de me limitar a usar cores escuras", falou o jovem estilista britânico Gilles Deacon, cuja coleção outono-inverno 2006 apareceu cheia de rosas iluminados e escarlates.

Considerado uma das estrelas da moda londrina, Gilles, que tem a supermodelo Linda Evangelista entre seus clientes, disse, em entrevista à AFP, que tenta levar para a moda "cor, mas também volume e cortes originais".

"Encontro a inspiração principalmente em Londres, uma cidade que adoro, por ser cosmopolita, multicultural, e estar cheia de sabores, cores e odores", comentou Gilles, após seu desfile, um dos mais excitantes do evento.

O rapaz, consagrado "estilista do ano" após sua deslumbrante coleção primavera-verão 2006, propõe para o outono-inverno sofisticados abrigos com mangas imensas, trajes amplos, performáticos, teatrais, cheios de brilho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Ana Aoun
UOL Mulher - Moda
Topo