Moda

Mundo da moda homenageia o gênio Yves Saint Laurent

Folha Imagem
Foto do estilista Yves Saint Laurent em 1971 Imagem: Folha Imagem

02/06/2008 13h05

PARIS, 2 Jun 2008 (AFP) - Estilistas de todo o mundo homenagearam nesta segunda-feira o colega francês Yves Saint Laurent, o homem que revolucionou a imagem da mulher do século XX, falecido no domingo em Paris aos 71 anos após uma longa enfermidade. O estilista será enterrado na próxima quinta-feira, dia 5/6 (leia mais aqui).

"Saint Laurent foi um dos melhores estilistas, um dos poucos que alcançava a perfeição em cada coisa que tocava", declarou a estilista britânica Vivienne Westwood.

Para o estilista Christian Lacroix, o segredo do seu sucesso estava na sua extraordinária versatilidade. "Chanel, Schiaparelli, Balenciaga e Dior fizeram coisas extraordinárias. Mas trabalharam com um estilo particular", disse Lacroix. "Saint Laurent é muito mais versátil, como uma combinação de todos eles", disse.

O francês Jean Paul Gaultier assinalou que o estilista foi seu "ídolo", um "modelo para ser seguido", enquanto o italiano Valentino afirmou que ele era "um gigante" com uma "imaginação sem limites".

Valentino e Saint Laurent estudaram juntos em Paris, onde compartilharam "festas intermináveis" no famoso Café de Flore, disse o italiano. Karl Lagerfeld, durante muitos anos grande rival de Saint Laurent, não quis comentar sua morte.

"Eu quero lembrá-lo não só como o maior estilista de sua época como também como era há 20 anos, quando o visitei em sua casara de Marrakesh", disse por sua parte Giorgio Armani.

"Lamentamos não o ter conhecido pessoalmente, nós que aprendemos tanto com ele, que nos inspirou tantas vezes, milhões de vezes", reconheceram os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabana.

O grupo Gucci lamentou a morte do estilista, que "desafiou as regras da moda inventando novamente a elegância francesa. Seu falecimento deixa um enorme vazio e também uma herança sublima".

Por sua vez, a primeira-dama francesa e ex-modelo para a Saint Laurent, Carla Bruni, afirmou "sentir um grande pesar" pelo falecimento do "artista, de um ser humano excepcional", segundo um comunicado oficial.

AFP

AFP

Yves com as modelos Claudia Schiffer e Carla Bruni em desfile da coleção de alta-costura outono-inverno de 1996



O Financial Times escreveu que "a morte de Yves Saint Laurent nos permite evocar como ele revolucionou a vida das mulheres trabalhadoras. (a pré-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos) Hillary Clinton tem uma boa razão para se sentir agradecida a Saint Laurent".

Desde os grandes jornais até os tablóides, a imprensa americana também prestou homenagens a Saint Laurent.

"Gigante da costura durante 45 anos", segundo o New York Times, Yves Saint Laurent queria "se por a serviço das mulheres, de seu corpo, de seus gestos, da sua vida", escreveu o Washington Post.

Os sites de publicações influentes como style.com, da revista Vogue, ou o wwd.com, da Women's Wear Daily, anunciaram o falecimento e a data do funeral, enquanto se esperava a reação dos grandes estilistas nova-iorquinos ao longo do dia.

Hanae Mori, uma das estilistas japonesas mais famosas e a única mulher asiática aceita como membro com plenos direitos da exclusiva Federação Francesa de Alta Costura, se disse "emocionada" pela morte de Saint Laurent. "Era uma pessoa exemplar", assinalou à AFP Mori, que abriu seu próprio salão de vendas nos anos 70 em Paris.

AFP

AFP

O estilista em seu desfile de despedida, em 2002, ao lado da modelo Laetitia Casta (esq.) e da atriz Catherine Deneuve



"Antes de tudo, ele entendeu quem era a nova mulher. Desenhou calças muito confortáveis para as mulheres que trabalham, mas ao mesmo tempo sofisticadas. Muito funcionais mas também elegantes", acrescentou a japonesa.

Até mesmo estilistas que nunca apreciaram especialmente seu estilo vanguardista aplaudiram a faceta visionária de Saint Laurent, destinada à mulher que possui independência econômica e se veste de forma funcional sem perder o componente feminino.

"Quando foi lançada a primeira linha de calças, não gostei, porque pensei que escondia as pernas da mulher, um dos seus atributos mais sexys", admite o estilista japonês Jun Ashida.

"Mas Saint Laurent tinha um olho penetrante sobre a mulher trabalhadora. Ele previu acertadamente os novos tempos e mudou o mundo. É o imperador do mundo da moda", afirmou Ashida à AFP.

A chefe de redação da revista britânica Vogue, Alexandra Shulman, destacou que o estilista francês contribuiu para democratizar a moda.
Antes de Saint Laurent, a moda só tinha espaço para "pequenos salões para gente rica", declarou à BBC Shulman.

"O francês levou a moda para as pessoas, era jovem e genial. As estrelas do pop saíam com ele e as novas gerações se relacionavam com ele", disse.
François Pinault, patrono do império da moda PPR, afirmou que "Yves Saint Laurent transformou tudo a serviço da paixão, para que a mulher brilhe e libere sua beleza e mistério".

A estilista australiana Collete Dinnigan, conhecida por seus vestidos de gala - usados por atrizes de Hollywood como Nicole Kidman e Cameron Díaz - classificou Saint Laurent de "gênio". "Sua morte é uma tragédia, foi um estilista ícone", declarou Dinnigan, citada pela agência de notícias australiana APP.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo