Moda

Casarão onde Versace viveu e morreu é aberto para visitação em Miami

da Associated Press, em Miami Beach

16/12/2008 11h32

Durante anos, o emblemático casarão em South Beach conhecido como o lugar onde Gianni Versace viveu e morreu esteve aberto apenas a um seleto grupo.

Leia Mais: Notícias de Moda

Folha Imagem

Folha Imagem

A casa em Ocean Drive, onde viveu o estilista Gianni Versace


Antes da morte do estilista, há mais de uma década, seus amigos famosos eram tão assíduos na residência que os quartos eram decorados para eles. Depois que Versace morreu e a casa foi vendida, tornou-se o lar de outro VIP com amigos classe A.

Mas, aos poucos, o número 1116 da Ocean Drive foi abrindo suas portas, primeiro como um clube privado apenas para convidados, que depois passou a aceitar não-membros e, agora, a massa, que paga US$ 65 (R$ 155) por um tour.

"Foi como um efeito dominó", afirma Elisa Brinkworth, porta-voz da Casa Casuarina, como a propriedade é chamada. "Quanto mais pessoas você deixava entrar, mais pessoas queriam entrar."

A oportunidade de visitar o local e se deliciar com uma refeição ali (ou, se você é sortudo, ficar em uma das dez suítes) não sai barato. Mas o tour oferece uma amostra de um lugar realmente especial que, durante muito tempo, foi inacessível ao público.

Do lado de fora, turistas se amontoam nos portões de ferro, tirando fotos o dia inteiro. Mas a entrada não é nada em comparação ao interior, onde se pode sentir realmente a magnitude e o esplendor da propriedade.

Passe pelo arco de pedras em direção ao pátio da Casa Casuarina e tudo fará sentido. Cada polegada do lugar, cada detalhe é cheio de reflexão e história, e ainda há um clima de intimidade.

A construção de três andares em estilo mediterrâneo foi erguida em 1930. A propriedade, que já serviu de hotel, foi comprada em 1992 por Versace, que fez sucessivas reformas. Mosaicos italianos, peças em ouro, seu toque está por todo lugar.

Naturalmente, os visitantes querem saber sobre os momentos finais do estilista, em julho de 1997, quando foi assassinado por um serial killer que depois cometeu suicídio.

"Não gostamos de falar muito no assunto, mas aconteceu na escada", afirma Brinkworth. "Tentamos divulgar seu legado mais do que sua morte."

A casa, que não é mais da família Versace, foi vendida em 2000 para Peter Loftin, magnata das telecomunicações.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo