Moda

Marca Alexander McQueen vai sobreviver à morte do estilista

 A marca do estilista britânico Alexander McQueen prosseguirá com as atividades apesar da morte do criador, semana passada em Londres, anunciou o presidente do grupo francês de luxo PPR, François-Henri Pinault.

 

A decisão de manter a marca Alexander McQueen foi tomada rapidamente após o suicídio do estilista em 11 de fevereiro, aos 40 anos, declarou Pinault.

 

"É a melhor homenagem que podemos fazer", disse.

 

A marca Alexander McQueen, controlada em 51% pelo Gucci Group, filial da PPR, tem atualmente 11 lojas próprias, de Nova York a Londres, e emprega 180 pessoas no mundo.

 

Segundo o grupo, a marca se tornou rentável em 2007, mas é muito menor que as outras grandes marcas da PPR, como Gucci, Bottega Veneta e Yves Saint Laurent.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo