Moda

Justiça italiana arquiva acusação de evasão fiscal contra Dolce e Gabbana

Alessandro Garofalo/Reuters
Os estilistas da grife italiana Dolce & Gabbana Stefano Gabbana e Domenico Dolce Imagem: Alessandro Garofalo/Reuters

ROMA, 1 Abr 2011 (AFP) - O juiz de audiências preliminares de Milão (norte da Itália) decidiu nesta sexta-feira arquivar a acusação de evasão fiscal contra os célebres estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana, informaram nesta sexta-feira fontes locais.

Os estilistas haviam sido acusados de enviar cerca de um bilhão de euros através de uma sociedade fantasma de Luxemburgo, indicaram as mesmas fontes.

O juiz Simone Luerti considerou que não há elementos suficientes para abrir um julgamento contra os sócios, donos da grife Dolce&Gabanna.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
Moda
Moda
do UOL
BBC
Glamurama
Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
Moda
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
Moda
Topo