Moda

Rede de fast fashion H&M estreia na semana de moda de Paris

Benoit Tessier/Reuters
Isabeli Fontana desfila para a rede de fast fashion H&M durante a semana de moda de Paris Imagem: Benoit Tessier/Reuters

De Paris

28/02/2013 00h20

Os ricos, belos e famosos se reuniram na noite desta quarta-feira (27) em Paris no desfile da rede sueca de fast fashion H&M, no museu Rodin, nesta que foi a estreia da marca nas passarelas parisienses e um dos desfiles mais concorridos da semana de moda.

O lugar escolhido para o desfile da rede sueca foi o emblemático museu Rodin, onde Yves Saint Laurent costumava apresentar suas coleções e que já foi cenário para grifes como a luxuosa Christian Dior.

O desfile da H&M contou com Cara Delavigne e Arizona Muse na passarela, duas das modelos mais cotadas atualmente.

A coleção outono/inverno da marca se baseou em tons de preto e branco e apresentou um ar moderno e juvenil, com casacos e paletós de lã macia, vestidos festivos, além de calças e shorts combinando com botas de couro de cano alto.

O desfile da H&M, assim como o da britânica Topshop na última semana de moda de Londres, trouxe à tona a brecha que existe entre as redes populares de fast fashion e as grifes de "prêt-a-porter".

Esta é a primeira vez que a gigante sueca de varejo desfila em uma semana de moda e escolheu fazer sua estreia na capital francesa com a criação de uma gama mais sofisticada, utilizando sua experiência para oferecer modelos similares aos do "prêt-a porter", porém muito mais acessíveis.

"Gostaria que a H&M, em vez de cercar-se de estilistas conhecidos, como faz cada ano quando lança uma coleção criada por mestres como Lagerfeld, Lanvin ou Stella McCarthy, pudesse ajudar a fomentar jovens criadores", afirmou o diretor do museu da moda de Paris, Olivier Saillard.

A presença de marcas populares ao lado de luxuosas grifes nas semanas da moda de Londres e de Paris tem um eco no estilo que caracteriza, por exemplo, a primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, que costuma se vestir com roupas de renomados estilistas agregando acessórios de grandes redes americanas, como a J. Crew.

Esta é uma estratégia que a H&M deve ter observado com atenção e que lhe serviu para transformar seu desfile nesta noite em um dos momentos mais sofisticados da semana parisiense.

A semana de moda continua na quinta-feira com a histórica grife Balenciaga e a estreia de seu novo diretor artístico, o nova-iorquino Alexander Wang.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
RedeTV! Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Bloomberg
do UOL
UOL Mulher - Moda
RedeTV! Entretenimento
RedeTV! Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Topo