Moda

Após anúncio racista, H&M contrata "diretor de diversidade"

Wikus de Wet/AFP Photo
A fast fashion foi alvo de protestos nas redes após um anúncio racista de roupas infantis em seu site Imagem: Wikus de Wet/AFP Photo

da ANSA, em Copenhague

18/01/2018 11h34

Depois de causar polêmica nas redes sociais por lançar uma propaganda supostamente racista, a empresa sueca de roupa H&M contratou um diretor de diversidade.

"Nosso compromisso frente à diversidade e à inclusão é autêntico, por isso designamos um líder global da aérea para impulsionar o nosso trabalho", informou nesta terça-feira (16) a marca, a lado de uma foto com a mensagem: "Nós estamos ouvindo".

Veja também

A H&M não informou os detalhes sobre a contratação, mas afirmou que o profissional será responsável por cuidar das diretrizes da marca na área de diversidade e inclusão. Além disso, a companhia reconheceu que embora o incidente tenha sido "totalmente involuntário", a reação dos clientes demonstra "claramente a magnitude da responsabilidade" da H&M como marca global.

Reprodução/H&M/AP
Anúncio da rede de lojas H&M causou revolta ao redor do mundo ao mostrar um menino negro vestido com um agasalho onde está escrito "O macaco mais legal da selva" Imagem: Reprodução/H&M/AP

Nos últimos dias, a marca sueca foi alvo de diversas críticas depois da publicação de um anúncio que mostrava um menino negro vestido com um agasalho que estampava a seguinte frase: "Macaco mais legal da selva". Ao seu lado, um jovem branco posava com o moleton que dizia "especialista em sobreviver [na selva]".

Diante da repercussão, a empresa também pediu a retirada de todos os anúncios do ar. Diversas personalidades como o astro do basquete LeBron James e o rapper Diddy ficaram indignados com a propaganda. Os músicos Weeknd e G-Eazy cancelaram os seus contratos com a marca e diversas lojas da H&M foram atacadas na África do Sul.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
The New York Times
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo