Moda

Cientistas britânicos identificam 'fórmula da voz perfeita'

30/05/2008 10h08

Pesquisadores britânicos afirmam ter encontrado uma fórmula matemática para encontrar a voz humana perfeita. O estudo, encomendado pela Post Office Telecoms, pediu a um painel de ouvintes que classificassem 50 vozes de celebridades britânicas, e depois analisaram o resultado.

A pesquisa foi conduzida pelo lingüista Andrew Linn, da Universidade de Sheffield, e pela engenheira de som Shannon Harris. A fórmula é baseada em uma combinação de tom, velocidade, freqüência, palavras por minuto e entonação.

Eles concluíram que a voz ideal - para se comunicar em língua inglesa na Grã-Bretanha - deve falar não mais do que 164 palavras por minuto e pausar por 0,48 segundos entre as frases. As frases, em si, devem terminar com uma queda, e não com um aumento na entonação.

Os cientistas concluíram que a melhor voz feminina é uma mistura da voz da atriz Judi Dench (que interpreta a agente M no último filme de 007), da colunista e apresentadora Mariella Frostrup e da atriz Honor Blackman, que atuou em O Diário de Bridget Jones.

Entre os homens, os atores Jeremy Irons, de Gêmeos, Mórbida Semelhança, e Alan Rickman, o professor Snape na série de filmes Harry Potter, foram os que mais se aproximaram da "voz perfeita".

Ideal
Características vocais associadas a características positivas, como confiança, foram as mais bem classificadas pelos ouvintes.

Segundo Linn, "como humanos, nós instintivamente sabemos que vozes causam arrepios na espinha e nos fazem tremer de desgosto".

"As respostas emocionais dos membros do painel às vozes foram surpreendentes e, de algum modo, explicam como dubladores ou apresentadores de rádio são selecionados, ou por que as vozes de determinadas celebridades têm mais apelo."

Segundo ele, os homens consideraram a voz da apresentadora Mariella Frostrup "fascinante", porque é profunda, pausada e confiante.

O ator Jeremy Irons quase se encaixa no perfil da voz perfeita, falando 200 palavras por minuto e pausando por 1,2 segundos entre as frases.

O professor Linn disse que isso explica porque os "tons profundamente graves" do ator inspiram confiança nos ouvintes. Segundo o lingüista, a fórmula dá uma boa idéia de como as vozes funcionam, e o que as tornam repelentes ou atraentes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo