Moda

Karl Lagerfeld estrela campanha por uso de colete em estradas

BBC
O estilista Karl Lagerfeld na campanha Imagem: BBC

Daniela Fernandes

De Paris para a BBC Brasil

19/06/2008 11h39

O famoso estilista alemão Karl Lagerfeld é a estrela de uma campanha de segurança no trânsito lançada na quarta-feira pelo governo francês, que alerta para a necessidade de usar um colete de sinalização quando o motorista tiver de sair do carro na estrada em caso de pane do veículo.

"É amarelo, é feio, não combina com nada, mas pode salvar a vida", diz o slogan da campanha, que mostra o famoso estilista vestindo o colete sobre um smoking e também usando, como faz sempre em público, óculos escuros.

Lagerfeld, da girfe Chanel, também é conhecido por percorrer longas distâncias nas estradas, já que ele não gosta de aviões.

O uso do colete fluorescente e, ao mesmo tempo, a utilização do triângulo passarão a ser obrigatórios na França a partir do dia 1º de julho quando o veículo estiver parado nas estradas ou acostamentos.

A multa no caso de não cumprimento da lei é de 135 euros (cerca de R$ 350), mas ela passará a ser aplicada somente a partir de outubro.

Durante os primeiros meses, a polícia irá realizar "operações pedagógicas" para alertar motoristas que ainda não tiverem comprado o equipamento, afirmou o ministro Jean-Louis Borloo, da Ecologia, também responsável pela segurança nas estradas.

Essa é mais uma iniciativa do governo francês para tentar reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito.

Em fevereiro passado foi anunciado um pacote de medidas mais rigorosas. A nova lei prevê, por exemplo, a apreensão do veículo de um motorista que for flagrado bêbado ao volante e que já teria cometido o mesmo delito anteriormente.

O excesso de álcool ao volante é a maior causa de acidentes nas estradas da França, matando mais gente do que acidentes causados por excesso de velocidade, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Ecologia.

Em 2007, o número de mortes nas estradas do país diminuiu 1,9%, totalizando 4.620 casos. Essa é o sexto ano de queda consecutiva no número de vítimas fatais, mas o número de pessoas feridas, no entanto, aumentou 1,1%, com 103,2 mil acidentes no ano passado.

O número de motociclistas mortos nas estradas francesas, que havia diminuído em 2006, voltou a aumentar no último ano, registrando crescimento de 7,9% em 2007.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo