Moda

Comunidade africana é a estrela da startup de celebridade

Getty Images
Rosario Dawson e Abrima Erwiah, sócias da Studio 189 Imagem: Getty Images

Troy Patterson

da Bloomberg

27/09/2017 13h08

É difícil construir uma marca de moda, quanto mais um império. Raros são aqueles cuja missão é usar a moda para construir comunidades. E este é o caso da Studio 189, uma marca fundada pelas velhas amigas Abrima Erwiah (ex-executiva de marketing da Bottega Veneta) e Rosario Dawson (uma atriz consagrada, vista recentemente na franquia Marvel da Netflix).

"A ideia é produzir tudo nos mercados locais", diz Erwiah. "Em particular na África, especificamente em Gana." As fundadoras criaram a empresa em parceria com a Iniciativa de Moda Ética das Nações Unidas, que também trabalha com outras marcas com consciência social, como Edun, Marni Group e Vivienne Westwood. A missão da Studio 189 se encaixa com o slogan da subdivisão da ONU: "Não é caridade, é simplesmente trabalho".

"É uma empresa social", diz Erwiah. "Acreditamos que isso é muito mais poderoso do que o auxílio." A empresa, fundada em 2011, lançou sua primeira coleção em 2013. Desde então, a companhia prosperou em seu esforço de permitir que comunidades empobrecidas tirem proveito da economia global (e não o contrário, como normalmente ocorre), promovendo uma indústria baseada no artesanato tradicional.

Com sede em Manhattan e em Acra, a Studio 189 faz roupas e acessórios que oferecem um compromisso atraente entre antigas tradições de artesanato e a elegância contemporânea. A linha é vendida em lojas virtuais, como Yoox Net-a-Porter Group, e em sua própria boutique em NoLIta, um bairro de Manhattan.

A Studio 189 se destaca por suas roupas folgadas com estampas ousadas de cores vivas, como quimonos (que geralmente custam entre US$ 250 e US$ 750) e camisas com gola mandarim (US$ 195). As camisas tendem a ser usadas pelos homens, e os quimonos, pelas mulheres, mas Erwiah acredita que muitos dos itens da marca têm fluidez, em termos de gênero e em muitos outros aspectos. "São confortáveis para se movimentar, servem para o dia e para a noite, podem ser compartilhados com seu parceiro", diz ela. "Nós gostamos da ideia de que menos é mais."

A marca foi inspirada em uma viagem que Dawson e Erwiah fizeram em 2011 para a "Cidade da Alegria", uma comunidade para mulheres sobreviventes de violência na República Democrática do Congo. A visita motivou as amigas a investir o estrelato de uma e a experiência em moda da outra para criar uma infraestrutura de fabricação de roupas em Gana, onde Erwiah nasceu e cresceu. Ela pode reivindicar o parentesco tribal com Kwame Nkrumah, que liderou a conquista da independência da então colônia britânica em 1957.

Socialmente, elas podem medir seu sucesso no nível micro ? por exemplo, fornecendo programas de treinamento para pessoas que começaram a embarcar em carreiras empresariais e proporcionando bons salários para que os trabalhadores das fábricas possam então pagar uma formação em engenharia. "Eu adoro a ideia de que as pessoas sejam capazes de fazer o que têm vontade", diz Erwiah. Como regra, ela acrescenta, cada pessoa que recebe uma renda da Studio 189 levanta o padrão de vida de outras 10.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo