Moda

Objetos de arte de Saint Laurent são expostos em Nova York

Reuters
O estilista Yves Saint Laurent em 2002, ao final de seu desfile de despedida Imagem: Reuters

03/11/2008 21h44

Nova York, 3 nov (EFE) - Alguns dos objetos mais estimados da coleção de arte do estilista Yves Saint Laurent (1936-2008), que serão vendidos em fevereiro, estão expostos a partir de hoje na sede da casa de leilões Christie's de Nova York.

A seleção foi realizada entre as mais de 700 obras que o empresário Pierre Bergé, companheiro de Yves Saint Laurent e co-fundador da marca que leva seu nome, decidiu leiloar após a morte do estilista em 1º de junho.

São peças que ambos colecionaram ao longo de mais de 50 anos, uma mostra decorativa qualificada pela Christie's de "uma das coleções particulares mais suntuosas do nosso tempo", que inclui peças de arte moderna e contemporânea, Art Déco, mobília e objetos de arte europeu, antiguidades, quadros e desenhos antigos.

A coleção será leiloada com um preço estimado de entre 200 e 300 milhões de euro (entre US$ 254 e US$ 382 milhões), e terá lugar no Grande Palais de Paris de 23 a 25 de fevereiro de 2009.

A coleção provém das residências parisienses de Pierre Bergé e Yves Saint Laurent, e nela há obras de alguns dos artistas mais importantes da história, como Pablo Picasso, Henri Matisse, Paul Cézanne ou Fernand Léger.

"É uma das coleções de arte moderna mais relevantes que ainda estão em mãos privadas. De fato, está entre as mais importantes que saíram ao mercado", disse o chefe internacional do departamento de arte moderna da Christie's, Thomas Seydoux.

O valor arrecadado com o leilão irá para a Fundação Pierre Bergé-Yves Saint Laurent, criada em 2002, e para um projeto de pesquisa sobre a aids, indicou a própria fundação em comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
UOL Mulher - Moda
AFP
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo