Moda

Armani, Lacroix, Chakra e Tibusch apresentam suas luxuosas coleções em Paris

07/07/2009 18h02

Paris, 7 jul (EFE).- Os estilistas Giorgio Armani, Christian Lacroix, Georges Chakra, Zuhair Murad e Eric Tibusch apresentaram suas glamurosas coleções da temporada Outono-Inverno 2009-2010 hoje, segundo dia de desfiles da semana de alta-costura de Paris.

  • EFE

    Giorgio Armani Privé trouxe a elagância dos anos 40 com grandes colares, como este desfilado pela norte-americana Karlie Kloss


As passarelas apresentaram hoje as mais luxuosas matérias-primas e o corte mais exato, iluminados por pedras preciosas, peles, plumas, bordados e azeviche.

As pedras negras iluminaram modelos de diferentes estilistas como Chakra, Zuhair Murad e Tibusch, em sua inesperada homenagem a Michael Jackson.

Inesperada porque seu objetivo era outro quando, há alguns meses, decidiu comemorar o retorno do "Rei do Pop" aos palcos com sua coleção. Michael começaria uma série de 50 shows em Londres no dia 17 de julho.

Levado por seu amor pelo masculino-feminino e pelo universo musical e o estilo de Michael, o estilista batizou sua nova coleção de "Evolution" e idealizou através dela o impossível encontro de Michael com Marlène Dietrich.

O estilista não podia imaginar que o dia do desfile seria também o dia do funeral do artista, mas, como prometeram seus porta-vozes, o "espírito rock fatal" e "pop'n'glam" foram mantidos.

Jaquetas de couro que poderiam ter sido usadas pelo astro, calças tão justas que pareciam meias-calças até o tornozelo, onde se alargam levemente; cintos variados atravessando o corpo sobre gravatas de azeviche e blusas transparentes, foram algumas de suas características.

Plumas amarelas, boleros e xales de pele, estampas de zebra, bordados de flores e cristais dourados e rosas completaram alguns de seus espetaculares modelos.

A grande emoção do dia foi, no entanto, o desfile de Christian Lacroix, grife que atravessa sérios problemas econômicos e cujo futuro é incerto, mas que hoje recebeu o apoio e os aplausos de seu público.

O designer apresentou uma coleção criada com pedaços de tecidos de outras anteriores e com o apoio de amigos, entre eles os responsáveis pelo Museu das Artes Decorativas, em Paris, brindaram o talento do célebre designer.

Destaque para seu vestido de noiva, em branco com bordados em ouro e salpicado de flores amarelas, vermelhas e azuis.

Diante de um painel de celebridades, entre elas Claudia Cardinale, Cate Blanchett e Emanuelle Béart, a grife Giorgio Armani Privé celebrou a noite e o champanhe e apresentou vestidos pretos, azuis muito escuros e suaves dourados.

Armani também apresentou alguns modelos em preto e prata, com vestidos decotados, bordados e adornados com enormes colares prateados e chapéus, em uma coleção que homenageou a típica elegância dos anos 40.

A semana de alta costura de Paris recebeu hoje outras grifes como Gustavo Lins, Givenchy e Dominique Sirop.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo