Moda

Roupas inteligentes, um novo jeito de se vestir

Carmen Martín

17/01/2010 06h14

Madri, 17 jan (EFE).- Roupas que levantam o ânimo, que mantêm a temperatura corporal, que acalmam ou que repelem mosquitos fazem parte do conceito de roupa inteligente, "uma forma de se vestir que junta design e tecnologia para viver melhor", explica a estilista Laura Morata.
 

Após anos de pesquisa, Morata, dona da grife Madre Mía del Amor Hermoso, conseguiu fundir a tecnologia com o estilo, a fim de criar roupas que facilitem a vida da mulher.


"São roupas com tecnologia que permitem personalizar a roupa, preservar o meio ambiente e encontrar o bem-estar", disse a estilista à Agência Efe.


Assim, com base na aromaterapia, a estilista criou roupas nas quais inclui microcápsulas com essências naturais que, no momento de vestir, mostram seus benefícios.


"Costumo usar a baunilha e o jasmim em vestidos de noiva, já que acalmam os nervos e relaxam, o que permite aproveitar esse dia tão especial com serenidade", diz.


Já o aroma de morango e de maçã vai para as roupas do dia-a-dia - vestidos, calças e camisas - para estimular os ânimos abatidos. "Desta maneira, nenhuma pessoa, nem seu chefe, pode acabar com seu dia", explica.


Utilizando a tecnologia de plasma e por meio de um processo totalmente ecológico, a Madre Mía del Amor Hermoso criou roupas antimanchas que repelem a chuva e qualquer tipo de líquido.


"São roupas que, ao mesmo tempo em que dão segurança, evitam ser lavadas continuamente, processo que contamina os rios", assegura Morata.


A estilista também criou roupas antiestresse que contêm microcápsulas antiestática que evitam que as mulheres carreguem a energia eletroestática de telefones celulares ou de computadores.


"Estas roupas absorvem a eletricidade eletroestática e ajudam a eliminar as barreiras do estresse", explica Morata.


Uma quarta invenção da empresa são as roupas antimosquito, que por meio de um produto repulsivo encapsulado no tecido consegue espantar o inseto.


Com o PCM - Phase Change Material-, também microencapsulado em agasalhos e jaquetas, esta jovem catalã conseguiu criar roupas que mantêm a temperatura corporal tanto no verão como no inverno, nas condições meteorológicas mais adversas.


Morata recorre à pintura fosforescente, que absorve energia dos raios ultravioleta e emite luz na escuridão, para desenhar vestidos de noiva. "São tintas que têm na estética como única funcionalidade, não facilita a vida, mas diverte muito", diz a dona da Madre Mía del Amor Hermoso.


Com o passar do tempo, as virtudes da tecnologia vão desaparecendo das roupas, mas a marca estuda como fazê-las durar mais tempo. Mesmo assim, os atrativos duram mais de um ano.


Agora, Morata desenvolve produtos para o lar com nanotecnologia, trabalhando inclusive com bactérias.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
RedeTV! Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Bloomberg
do UOL
UOL Mulher - Moda
RedeTV! Entretenimento
RedeTV! Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Topo