Moda

Loulou de la Falaise, musa do estilista Yves Saint Laurent, morre aos 63 anos

Associated Press- AP
O estilista Yves Saint-Laurent com as modelos Betty Catroux (à esquerda) e Loulou da la Falaise, nos anos 70 Imagem: Associated Press- AP

05/11/2011 16h16

Paris, 5 nov (EFE).- A modelo e designer britânica Loulou de la Falaise, musa do estilista francês Yves Saint Laurent, morreu neste sábado aos 63 anos após enfrentar um longo período com problemas de saúde, informa a Fundação Pierre Bergé-YSL em comunicado emitido neste sábado.

Sua história com o famoso estilista começou em 1968, quando se conheceram em Paris através de um amigo em comum. Quatro anos depois, Loulou começou a trabalhar para ele, se transformando em uma de suas colaboradoras mais próximas, encarregada da criação de chapéus e joias.

"Seu verdadeiro talento, além de suas qualidades profissionais incontestáveis, é o encantamento. O dom da delicadeza, misturado com a intensidade irretocável de seu olhar sobre a moda. Sua presença ao meu lado é um sonho", disse Loulou certa vez sobre o estilista.

A Fundação expressa sua "imensa tristeza" pela morte de Loulou, que lançou sua própria linha de joias em 2002, mesmo ano em que YSL encerrou sua carreira como estilista. Em 2007, a britânica começou a desenhar joias para o designer Oscar de la Renta.

YSL morreu em junho de 2008, mas sua amizade com Da Falaise foi transcendental. Em 2011 ela criou uma linha de joias para a loja do jardim Majorelle de Marrakech, onde foram depositadas as cinzas do estilista, e também curadora da exposição "Saint Laurent Rive Gauche: la révolution de la mode".

O estilista foi padrinho de sua filha Anna, com Thadée Klossowski, filho do pintor Balthus, e com quem formava um casal que, segundo a jornalista e escritora Alicia Drake, "personificava a fantasia parisiense dos anos 1970, a vida artística, moda, elegância, beleza, juventude e excesso".

Loulou, nascida na Inglaterra em 1948, considerava essencial reinventar-se, diz a nota, que destaca sua educação em diversos internatos ingleses e suíços, antes de aproveitar o movimento Swinging London nos anos 1970 na capital londrina, centro da então "cultura pop e das novas tendências".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo