Beleza

Gastos mensais com cabeleireiros sobem 44% entre 2002 e 2008

SÃO PAULO – Estudo aponta que os gastos mensais das famílias brasileiras com serviços de cabeleireiro cresceram 44% entre 2002 e 2008. Foi constatado ainda que quem mais gasta com o setor pertence à classe B.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (13) pela Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), que realizou um estudo a partir de dados das duas últimas POF (Pesquisa de Orçamento Familiar) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), referentes a 2002 e 2008.

Comportamento
O estudo também indicou que os cabeleireiros movimentaram mais de R$ 1 bilhão por mês no ano de 2008. A assessoria técnica da Fecomercio esclareceu que o avanço expressivo dos gastos com corte de cabelo, tintura, lavagem, escova e outros tratamentos refletem a preocupação da população com o visual, comportamento que já está enraizado na cultura brasileira.

Para se ter uma ideia, as famílias brasileiras gastam com esse tipo de serviço praticamente o mesmo do que gastam com o frango. O gasto com o alimento foi apenas R$ 10 milhões superior.

Análise por renda
As famílias que pertencem à classe B foram as que mais gastaram com cabeleireiros, sendo que a despesa totalizou R$ 281 milhões por mês em 2008. Em seguida, vieram as classes D e C, com R$ 236,5 milhões e R$ 208,9 milhões, respectivamente. As classes A e E desembolsaram um pouco menos, R$ 143,3 milhões e R$ 138,3 milhões por mês.

Em termos de crescimento, entre os anos de 2002 e 2008, os gastos das famílias da classe C foram os que mais avançaram (65%). Na sequência, ficaram as classes D, E, B e A, com avanços respectivos de 55%,47%,41% e 16%.

Gastos por mês
A pesquisa também mostrou que, enquanto cada família da classe mais alta (classe A) gasta R$ 64,99 em média com cabeleireiros, a de renda mais baixa (classe E) desembolsa cerca de R$ 6,13, mais de 10 vezes menos que a primeira.

Já as classes B, C e D, gastam em média por mês valores de R$ 39,16, R$ 23,50 e R$ 13,94, cada. No Brasil, a média geral dos gastos ficou em R$ 17,44 ao mês.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
Beleza
Beleza
do UOL
Beleza
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza
BBC
Beleza
do UOL
do UOL
UOL Estilo
Beleza
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo