Desfiles de moda

Com Gabriel o Pensador na platéia, Redley mostra seu "inverno na ilha"

Publius Vergilius/UOL
Tema do desfile foi inverno numa ilha Imagem: Publius Vergilius/UOL

CAROLINA VASONE
Enviada especial ao Rio

10/01/2006 22h10

Flores, pinceladas aquareladas de tinta, aplicações, listras, xadrez e muita cor marcaram o desfile unissex da Redley, que fechou o segundo dia do Fashion Rio nesta terça (10).

O tema, um inverno numa ilha, apareceu com citações a cores e na estampa de flores mais exóticas, com predominância de rosa e verde no fundo cor de "areia molhada".

O tom de areia (dessa vez "seca", mais clara), aliás, abriu o desfile, que contou na platéia com celebridades como o músico Gabriel o Pensador. Na abertura da apresentação, um telão com imagens ao vivo da própria passarela duplicou o espaço por onde duas modelos abriram o desfile, ambas com peças em tom de areia.

Vestidos soltos como o de uma delas aparecem muito na coleção. Um deles tinha manguinhas bufantes e saia mais larga, sem nenhum franzido. O estilo cigana, no entanto, pontuou muitas das saias e vestidos do inverno 2006 da Redley.

Na coleção masculina, capas à la Chapeuzinho Vermelho ganharam versões em estampas como a de fundo branco com manchas de pincel esfregado azuis, além do floral. Bermudas ganharam uma sobreposição do mesmo tecido e padronagem apenas na parte de trás, como se fosse uma espécie de saia.

Casacos e capas, tanto masculinos como femininos, ganharam também um estampado floral grande, no fundo "areia molhado", com flores e folhas aplicadas. Florzinhas e bordados mais folclóricos também enfeitaram saias femininas, camisas e bermudas masculinas.

Para Mariana Rocha, consultora de moda do UOL, o desfile foi consistente, com proposta clara de moda numa coleção casual esportiva com informação de moda. "Com uma cartela de cores equilibrada, uma mistura rica de tecidos e bordados folclóricos, a descontração sofisticada da marca demonstra rigor estético e técnico", afirma.

Mesmo com a profusão de estampas e cores, do folclórico europeu nas saias bordadas ao militarismo dos casacos masculinos, a coleção é concisa e provoca desejo.

As únicas ressalvas de Mariana são as capas masculinas ("uma inovação que não deu certo") e as saias ciganas, que já foram muito vistas e usadas nas ruas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

TV CARAS
TV CARAS
RedeTV! Entretenimento
EFE
Glamurama
AFP
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Glamurama
AFP
AFP
AFP
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Topo