Desfiles de moda

Balanço Fashion Rio: em dia sem brilho, Walter Rodrigues se destaca com japonismo dramático

Publius Vergilius/UOL
Walter Rodrigues traduziu referências japonesas em belas peças contemporâneas Imagem: Publius Vergilius/UOL

MARIANA ROCHA
Enviada especial ao Rio

13/01/2006 01h02

Walter Rodrigues foi o melhor desfile desta quinta no Fashion Rio. As outras cinco marcas trouxeram coleções sem muito brilho.

É com alegria que vejo o desfile do estilista, muito criativo não só nas interpretações das formas como na utilização dos materiais. Uma das grandes qualidades da coleção foi a maneira com que Walter traduziu as referências japonesas em peças contemporâneas e nada folclóricas, com belas e dramáticas imagens.

Entre as outras marcas, a Cavendish apresentou um desfile de bom gosto, evocando o desejo de elegância. A coleção reforça um jeito mais estudado de se vestir, resgatando do passado o visual mais andrógino dos anos 60, deixando um pouco para trás a feminilidade romântica das temporadas passadas.

Já a Carmelitas insistiu no romantismo, parte de sua fórmula de sucesso em estações passadas, mas que já não tem mais o mesmo apelo. A marca não evoluiu em sua proposta de moda.

Márcia Ganem se aprimorou no seu trabalho artesanal mas não foi tão feliz na escolha das cores pouco originais. Em compensação, neste desfile, conseguiu criar desenhos mais elaborados, misturando técnicas como o macramê e a renda de bilro, ou ousando na mistura dos pontos, saindo do lugar.

As duas últimas marcas a desfilar, Lucy in the Sky e Sandpiper, mostraram um contraste de ideologias. Enquanto Lucy in the Sky parece apresentar sinceridade na sua proposta, a Sandpiper cria uma cortina de fumaça.

A coleção da primeira, apesar de bem intencionada, ficou um pouco confusa. A referência à obra do artista plástico Frans Krajcberg e ao conceito da natureza que renasce não se revelaram ao longo da apresentação, também com problemas formais, como o exagero dos babados.

Finalmente, a profusão de famosos e o show de luzes que a Sandpiper promoveu não escondem o descaso com o produto. A qualidade do couro, as costuras malfeitas e a falta de design das peças revelam a falta de investimento no que é o mais importante para o cliente da Sandpiper: a roupa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

TV CARAS
TV CARAS
RedeTV! Entretenimento
EFE
Glamurama
AFP
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Glamurama
AFP
AFP
AFP
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Topo