Moda

Marca masculina Chiaro troca desfile por instalação em estréia solo no Fashion Rio

Divulgação
Croqui da marca carioca que tem o Oriente como tema Imagem: Divulgação

Da Redação

08/01/2007 20h07

A marca masculina Chiaro, dos estilistas Gustavo Machado e Felipe Fonseca, faz estréia solo no grupo principal do Fashion Rio, no dia 19 de janeiro. A dupla desfilava dentro do projeto Novos Designers, e em julho do ano passado, fez apresentação conjunta com Kylza Ribas e Reserva.

Na edição Inverno 2007, ao invés de desfile, a dupla criou uma instalação intitulada "Oriente-se", um duplo sentido que une a rebeldia engraçada e consciente da marca e influências orientais. Dez duplas de fotógrafos e produtores de moda farão uma leitura sobre o tema da coleção. O resultado são as dez imagens que farão parte da instalação, que ainda terá ambientação sonora assinada pelo DJ Nepal, do coletivo de música e imagens "Apavoramento Sound System". A coordenação é do stylist José Camarano e as fotos integrarão o primeiro catálogo da Chiaro.

As duplas são formadas por Daniel Mattar e Bebel Moraes, Fabio Seixo e Eduardo Roly, Christian Gaul e Roberta Stamatto, Marcos Fortes e Daniela Dwyer, Pedro Garrido e Antonio Frajado, Vicente de Paulo e Felipe Veloso, Verônica Peixoto e Monica Girão, Marc van Legen e Rogério S., Murilo Meirelles e José Camarano, André Passos e Ricardo Gonzáles.

Histórico da marca

Os estilistas da Chiaro, Gustavo Machado e Felipe Fonseca, são cariocas, e em suas criações refletem os contrastes que se equilibram entre as características urbanas e as paisagens naturais do Rio de Janeiro, sempre com bom humor.

Os dois se conheceram quando trabalhavam juntos para uma grife masculina: Felipe cuidava do design e Gustavo do desenvolvimento de produto. No processo de criação buscam referências em livros de arte, fotografia e manifestações urbanas como grafite e a técnica de estêncil (tipo de pintura normalmente executada com molde vazado), mais do que em vitrines e passarelas. As peças da Chiaro são vendidas em mais de 12 lojas multimarcas em três Estados.

A ironia está presente desde o surgimento do nome, que vem da abreviação de "chiaroscuro", numa alusão ao estilo barroco, que tem como um de seus grandes mestres o pintor italiano Caravaggio. "Em seus quadros, encomendados pelo poder da época, o clero e a nobreza, ele usava figuras do povo ao pintar temas sacros, fazendo uma crítica social", dizem os estilistas.

A Chiaro surgiu, segundo seus criadores, da proposta de fazer uma marca de roupa que refletisse sobre a realidade urbana e seus ícones sob uma ótica de irreverência, buscando o espírito típico da década de 70, quando ideologias pulsavam entre jovens cheios de causas, mesmo que utópicas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
Topo