Moda

Marcelo Sommer traz fantasia, bom humor e proposta de moda ao SPFW

Alexandre Schneider/UOL
Marcelo Sommer desenvolveu casacos com o tradicional cobertor Parayba Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE
Editora de UOL Estilo

29/01/2007 23h57

Os desfiles de Marcelo Sommer sempre foram uma festa. E, como crianças, o público esperava ansiosamente pelo momento de comer o algodão doce, o cachorro-quente e a pipoca dentro daquele playground incrível montado pelo estilista. Mesmo quando a apresentação não era exatamente divertida, mas emocionante (como o último desfile de Sommer à frente da marca Sommer, em janeiro de 2006), havia sempre a atmosfera de entrar num mundo à parte, como se a página de um livro de fábulas grande de capa dura e colorida tivesse acabado de ser aberto.



Na primeira coleção que Marcelo Sommer criou para a sua nova marca, batizada de "Do Estilista", não foi diferente. O nome da grife mudou, mas o espírito de Sommer está todo nela.



Num desfile colorido, bem-humorado, divertido e criativo, Sommer contou um pouco da história de sua grife por meio das estampas que resgatavam ícones da Sommer. O trevo, o gato, a ferradura e outros símbolos foram reunidos numa só estampa, batizada de "caixa-preta" (em alusão à exposição que ele fez na "House of Palomino", no ano passado). Os cavalinhos apareceram em outra estampa de fundo amarelo, como na calça masculina combinada com a camisa num xadrez azul e detalhe de cowboy na altura da gola.



Mais do que o cowboy, o western apareceu em vários looks, tanto na lavagaem do jeans azul claro quanto nas camisas xadrezas masculinas, em combinações femininas. O xadrez foi outro que reinou na passarela, em versões diferentes combinadas no mesmo look ou junto com estampas florais ou listradas.



Os casacos e jaquetas femininos e masculinos merecem destaque especial, nas estampas digitais fortes e coloridas com amarelo, turqueza, pink e uma profusão de cores, em modelos curtos e ajustados para os homens, com alguns momentos de casacos sete oitavos, como o casaco com a estampa caixa-preta, no fundo marrom. Os casacos femininos evasês, levemente marcados na cintura, ganhavam muita graça com as estampas divertidas, multicoloridas e femininas. A feminilidade, aliás, apareceu de um jeito descontraído e charmoso, mesmo quando as sobreposições eram muitas e o corpo não tão marcado.



No mundo fantástico de Sommer, as estampas se misturam, peças são vestidas uma por cima da outra, e tudo fica bonito e muito usável, inclusive a meia-calça com estampa de osso de caveira usada por Luciana Curtis, musa do estilista. Parece um incentivo a se divertir com a moda, abrir o guarda-roupa e fazer a festa, sem medo de ser feliz.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo