Moda

Queridinho de famosas do Rio, Victor Dzenk faz homenagem ao Copacabana Palace

Alexandre Schneider/UOL
Vestido preto curto de franjas feitas de seda cortada a laser foi um dos destaques do estilista Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE
do Rio de Janeiro

08/01/2008 13h15

Foi no Copacabana Palace que a edição para o inverno 2008 do Fashion Rio começou, na manhã desta terça (8). Com quase uma hora de atraso, o estilista Victor Dzenk inaugurou a temporada carioca com homenagem aos ilustres hóspedes do hotel mais glamouroso, ao estilo "old fashion", do Brasil.

Mineiro e pouco conhecido em São Paulo e no resto do Brasil, Dzenk tem bom eleitorado no Rio de Janeiro. Maitê Proença e Luiza Brunet (a última não dispensou beijinhos e fotos com o estilista no final da apresentação) figuravam entre as ilustres convidadas e clientes na primeira fila de um dos salões do hotel. Dzenk ainda ganhhou paparicos de convidados-fãs que o cercavam ao final da apresentação, com direito até a presente (um anel de ouro de uma designer admiradora).

Na passarela, boas modelos como Fabiana Semprebom e Camila Finn desfilaram coleção que foi além dos longos de jérsei de festa que o estilista adora, apresentando looks muito superiores em relação às coleções passadas da grife, muitas vezes literais em relação ao tema, com imagem que oscilava entre o kitsch e o exagero. Um dos responsáveis pela mudança pode ser o novo integrante da equipe de estilo, o jovem Fernando Silva, 25 anos, mineiro como Dzenk e formado em moda pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Focado principalmente em Marlene Dietrich e nos Rolling Stones (com citações ao Carnaval do Rio e a Carmem Miranda), Dzenk misturou o glamour do passado com a rebeldia do rock, criando bons vestidinhos curtos estilo melindrosa, com destaque para o preto curto de franjas feitas de seda encerada, cortada a laser. O aspecto era de um couro mole, provocando um bom efeito. As estampa de pavão, tanto no paetês com verde do vestido curtinho quanto no casaco-vestido num acinzentado sujo, com barra canelada de abrigo, foi outro ponto forte do desfile, que apresentou ainda peças em couro como a jaqueta estilo perfecto (aquela, imortalizada por Marlon Brando em "O Selvagem da Motocicleta") usada com vestido longo quanto no coletinho bem curto. A famosa língua dos Rolling Stones e a menção a Dietrich no corte mais masculino das calças em alfaiataria, na mistura do masculino com o feminino em algumas peças, além do look inteiro branco, com cartola, usado por Finn no final do desfile, completaram a coleção que teve nos longos superestampados com rostos de mulheres famosas que já passaram pelo Copacabana Palace (Brigitte Bardot e Carmem Miranda entre elas) o momento menos empolgante da coleção.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
Topo