Desfiles de moda

Com direção de Bia Lessa, Totem faz homenagem à Tropicália em desfile

Alexandre Schneider/UOL
A top Bruna Tenório desfila look com estampa tropical e detalhes em preto, que dão ar 'cool' à peça Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE
Enviada especial ao Rio de Janeiro

08/06/2008 21h51

Quatro garotas de vestido tomara-que-caia preto longo, abotoamento duplo, estilo militar, com botões grandes. Elas entram na passarela carregando quadrados de espelho e depois se integram ao cenário de balões brancos presos ao chão, espalhadas ao longo da passarela. Começa o desfile com direção de Bia Lessa e, o principal, a apresentação da coleção da Totem, que nesta edição, prestou homenagem ao movimento da Tropicália.

De olho no mercado externo, a grife carioca apostou novamente em coleção supercolorida. Estampas com motivos tropicais (tucanos e abacaxis) se misturavam às geométricas de efeito levemente óptico. O que poderia virar caricato (Brasil, anos 70, cores, ícones do país) ganhou sofisticação na escolha da cartela de cores, na combinação entre elas e na modelagem com boas sacadas tanto na linha feminina quanto na masculina. O preto foi importante para conferir estilo "cool" ao tucano e ao abacaxi, em diferentes peças no início do desfile. Já a geometria apareceu em tons como petróleo, verde turqueza, tudo no fundo cru.

Na modelagem, as formas amplas beneficiaram homens e mulheres. Os garotos usaram camisetas maiores, com cintos baixos e shorts. As meninas muitos vestidinhos curtos, ora retos, ora com camadas de babados ou tipo túnicas, com destaque para as diferentes mangas.

Enquanto a coleção era desfilada com sucesso, as garotas de vestido preto sentavam no chão, mostravam frases impressas do outro lado do quadrado de espelho com que abriram a apresentação, dançavam no lugar, levemente rebolantes, em vários momentos, tirando a atenção do espectador para o foco principal da performance, acabando por competir com a roupa, ao invés de complementá-la (a cenógrafa já recebeu críticas no mundo das artes por motivo semelhante).

No final da apresentação, as quatro "performers" tiraram os vestidos e, apenas de calcinha, mostraram as letras desenhadas em vermelho no corpo, que formavam a palavra "love". Em seguida, um casal (o músico Quinho, do grupo Quinho e os Cara, e a atriz Maria Joana) entrou na passarela como que noivos num casamento, acompanhados dos modelos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

TV CARAS
TV CARAS
RedeTV! Entretenimento
EFE
Glamurama
AFP
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
ANSA
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Glamurama
AFP
AFP
AFP
AFP
AFP
Glamurama
Harper's Bazaar Brasil
Topo