Moda

Estilista Stella McCartney grava vídeo contra uso de couro e pele de animais

Reprodução
Stella McCartney em vídeo para a Peta contra o uso de couro na indústria da moda imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

A estilista britânica e ativista pelos direitos dos animais Stella McCartney gravou um vídeo em parceria com a ONG Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético com Animais) em que condena o uso de peles e couro pela indústria da moda.

Stella é uma das principais representantes da moda ética, que alia design arrojado e peças sem materiais provenientes de animais.

“Nosso objetivo não é dizer o que você deve vestir, mas dar os fatos para que possa tomar decisões conscientes na próxima vez que cogitar comprar couro”, disse a estilista em meio a cenas de animais tendo suas peles arrancadas e chifres cortados.

Além de apontar a crueldade pela qual passam os animais nos abatedouros, o vídeo fala de questões ambientais, como a poluição do solo e água em regiões próximas aos curtumes e a incidência de doenças como o câncer em trabalhadores expostos a substâncias tóxicas como o arsênico, usado comumente nestes estabelecimentos.

A Peta tinha intenção de apresentar o vídeo em táxis de Nova York durante a semana de moda norte-americana, que começa nesta quinta (8), mas o material foi vetado pela VeriFone Media, empresa responsável pelas propagandas nos veículos.

Assista abaixo à campanha de Stella McCartney em parceria com a ONG.

Aviso: O vídeo possui cenas fortes de crueldade com animais

Stella McCartney faz campanha contra o uso de couro na moda

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo