Moda

De índios a orixás, marcas da SPFW investem na brasilidade para o verão

Bárbara Stefanelli

Do UOL, em São Paulo

16/04/2015 22h17

Uma das tendências mais fortes apresentada nesta edição da SPFW não foi uma peça ou acessório, mas sim a valorização dos elementos nacionais. De tecidos a inspirações, muitas marcas apostaram no DNA brasileiro na hora de elaborar a coleção para o Verão 2016. No entanto, o resultado das peças não é clichê ao investir no regionalismo, já que os estilistas encontraram o ponto de equilíbrio entre o global e o local.

A Cavalera foi quem lançou a proposta logo no primeiro dia do evento. A marca conhecida por sua pegada rocker levou uma tribo indígena para a sua apresentação, que aconteceu em uma área externa do Parque Cândido Portinari. No dia seguinte, foi a vez da Osklen, de Oskar Metsavaht, fazer sua leitura particular sobre o universo indígena. A marca apresentou uma coleção minimalista, em que usou apenas branco, preto, nude e vermelho, em formas amplas e rígidas, para homenagear a tribo amazônica Ashaninka. Já Isabela Capeto e Têca foram buscar inspiração nos orixás e no candomblé.

Alexandre Schneider/UOL
Cavalera e Osklen se inspiraram nos índios, já Isabela Capeto e Têca, em orixás Imagem: Alexandre Schneider/UOL

Trabalho artesanal
Mas a brasilidade não ficou restrita apenas a figuras e entidades brasileiras. Tecidos e tramas tipicamente do país também ganharam destaque nesta edição. O ponto de partida da estilista Paula Raia foram as redes de pesca e os materiais da coleção foram apresentados em estado natural --já que não passaram por processos químicos. Ronaldo Fraga, inspirado nas sereias e nas águas do mar de João Pessoa (PB), também apresentou roupas que imitavam redes. 

A marca de moda praia Água de Coco, por Liana Thomaz, foi outra que investiu nas particularidades nacionais, resgatando a cultura artesanal do Ceará, em estampas, modelagens e tecidos. Já Lenny Liemeyer levou tramas de corda à passarela da SPFW. A Iódice, por sua vez, fez uma coleção inspirada no Nordeste, apresentando roupas repletas de renda, tecido tão usado pelas baianas.

Alexandre Schneider/UOL
Desfiles de Ronaldo Fraga, Paula Raia e Lenny Niemeyer, da esquerda para direita Imagem: Alexandre Schneider/UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
Ana Aoun
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
Topo