Moda

Diretor de grife que criou vestido bandage diz que peça é feita para magras

Reprodução/Daily Mail
Patrick Couderc foi despedido da direção da grife após declarações controvérsas Imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL, em São Paulo

18/08/2015 17h14

Patrick Couderc, atual diretor da grife francesa Herve Leger, usou uma entrevista para o jornal "The Mail" para criar polêmicas. No plural, porque o empresário falou que o vestido bandage, peça criada pela marca nos anos 80, foi feito para mulheres magras, jovens e heterossexuais. 

Popularizado em 2007 e copiado incansavelmente por marcas populares, o modelo se tornou, de acordo com o empresário, uma vítima de seu próprio sucesso e está sendo usado por pessoas com o corpo errado.

"Vocês vêm, colocam o vestido e se olham no espelho, tipo 'Argh, sou tão gorda'", ele afirmou. Couderc falou, ainda, que mulheres "voluptuosas", com "curvas muito aparentes e quase sem busto" deviam evitar o bandage, ao mesmo tempo que elogiou a silhueta da cantora Cheryl Fernandez-Versini. 

Couderc ainda falou que mulheres homossexuais não estão interessadas nas roupas da marca francesa. "Se você é uma lésbica assumida e passou a vida toda usando calças, você não vai querer comprar um vestido da Herve Leger. Lésbicas não querem ser mais do que machinhos", disse. 

E não é só isso. Patrick Couderc não poupou nem mesmo as suas consumidoras mais maduras. "Você pode ter a cintura fina, mas seus seios estão caídos e você não percebe porque tem 55 anos e não deveria estar mostrando tudo como se tivesse 23", arrematou o empresário, que acabou confessando que, neste caso, o vestido poderia dar um pouco mais de suporte. 

Após tantas declarações controvérsas, o site "Page Six" publicou que Couderc foi mandado embora da chefia da Herve Leger. Um porta-voz da BCBG, grupo que administra a grife francesa, falou que o diretor "não está mais ligado à empresa". 

O vestido bandage-- batizado assim por ser feito com faixas de lycra, lembrando uma bandagem -- foi visionário na época de sua criação e já foi usado por uma série de celebridades, entre elas Rihanna, Miranda Kerr e Kim Kardashian. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Ana Aoun
Moda
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
Ana Aoun
do UOL
Topo