Moda

Conheça o cara que todo fashionista quer xavecar para entrar na SPFW

Natália Eiras/UOL
Marcos José da Silva, o Marcão, cuida da entrada da SPFW há 12 anos Imagem: Natália Eiras/UOL

Natália Eiras

Do UOL, em São Paulo

20/10/2015 07h00

Marcos José da Silva, ou o Marcão, como é mais conhecido, é o cara que todo fashionista pouco influente quer “ludibriar”. Ele, há 12 anos, é responsável por definir quem pode e quem não pode entrar na São Paulo Fashion Week, que chega à sua 40ª edição nesta semana. Por ter uma função tão importante, o segurança de Carapicuíba, zona oeste de São Paulo (SP), já ouviu várias histórias “para boi dormir”. “Já sei quem é penetra e quem é convidado”, o profissional contou ao UOL Moda.

De acordo com Marcão, o furão costuma ter uma atitude incerta. “Ele fica perdido aqui na portaria, não sabe como entrar”, ele brinca. “Ele não tem a atitude de quem já tem com um convite”. O look também é um indício. “O penetra vem mais neutro”, pontua o profissional de 37 anos, contrariando a ideia de que aspirante a fashionista exagera no visual.

Enquanto a reportagem conversava com o segurança, pelo menos duas pessoas tentaram entrar no evento sem um convite ou credencial. “Tá vendo? É isso, gente que tem entrada liberada, mas tenta colocar o amigo que não tem para dentro”, ele fala, enquanto diz para o possível penetra ir para a área de credenciamento.

Dinheiro e “beijo na boca” são as moedas de trocas mais comuns ofertadas ao profissional. “Um pessoal de Manaus me ofereceu R$ 500 só para entrar no salão”, conta. Barracos quando a entrada é barrada também são comuns. “Esse povo perde a cabeça”.

Há 15 anos atuando como segurança, ele conseguiu o trabalho de porteiro da SPFW meio sem querer. “Fiz uma edição, eles acharam que eu tinha feito bem e continuei por aqui. Já conheço o trabalho, os repórteres, algumas modelos”. Só a Gisele Bündchen ele viu pelo menos duas vezes, quando trabalhou nas salas de desfile. “Nunca consegui falar com ela, porque ela não ficava tão acessível”, diz.

Mesmo guardando o portal para o evento de moda mais importante do Brasil, Marcão não se interessa pelo mundo fashionista: ele nunca viu um desfile e nem tem interesse, muito obrigado. “Estou aqui porque tenho que trabalhar”.

Veja os melhores xavecos que as pessoas deram para entrar na SPFW, de acordo com os guardas do evento:

1- “Uma mulher disse que estava sendo traída e que queria entrar na SPFW para pegar o marido dela no flagra.”

2- “Um cara veio falando que era da família do Paulo Borges [organizador da SPFW], mas o Paulo estava dentro do lounge e negou tudo.”

3- “Uma ex-BBB pediu para entrar no lounge só para tirar foto com o logo.”

4- “Já me falaram que era convidado, mas que usava um pseudônimo, por isso o nome dele não estava na lista de entrada.”

5- “Me ofereceram R$ 2 mil só para entrar no salão dos lounges.”

6- “Muita gente finge que é estilista. ‘Não sabe quem eu sou?’, eles falam.”

7- “Alguns dão carteirada, dizendo que já participaram do ‘Big Brother Brasil’ ou de ‘A Fazenda’.”
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo