Moda

Modelo brasileira com vitiligo estrela campanha de loja de departamento

Reprodução/ Facebook
Eliane Medeiros foi diagnosticada aos 5 anos Imagem: Reprodução/ Facebook

Thalita Peres

Do UOL, em São Paulo

15/11/2016 07h02

Por décadas, o mundo da moda se resumiu a modelos brancas, altas e magras. Aos poucos, o público está fazendo com que as empresas quebrem barreiras e coloquem mais representatividade em suas campanhas e nas passarelas.

Para estrelar o catálogo de Verão 2017, a C&A escolheu como modelo uma musicista com vitiligo. A tocantinense Eliane Medeiros, de 19 anos, possui a doença caracterizada pela perda da pigmentação na pele, que afeta 2% da população mundial, segundo dados da fundação americana Vitiligo Research. 

Reprodução/ Facebook/ C&A
Imagem: Reprodução/ Facebook/ C&A

Na campanha divulgada pela marca, Eliane usa um vestido jeans com sandálias, sem tentar encobrir as manchas de sua pele. Diagnosticada com a doença aos cinco anos, ela contou ao UOL que, durante a adolescência, sentiu vergonha do seu corpo e se escondeu com roupas compridas. No entanto, há dois anos abandonou os tratamentos orais e corporais para tentar diminuir as manchas, decidiu se aceitar e ser feliz como é.
 
“A iniciativa mostra para as pessoas que têm vitiligo que elas podem usar o que quiser, que não precisam esconder seu corpo. Aliás, chega de se esconder! Podem usar aquela saia sem ter vergonha! Não precisa mais esconder o vitiligo por causa dos olhos julgadores dos outros”, diz.
 
Descoberta na internet 
 
Nascida em Tocantins e morando em Goiânia há dez anos, a vida de Eliane mudou em uma semana, após receber uma mensagem nas redes sociais de uma representante de uma agência de modelos da capital paulista. “Tive que convencer meus pais de que não era uma brincadeira e embarquei para São Paulo para a sessão de fotos. Já tinha fotografado antes com alguns amigos por diversão, mas nunca com essa produção toda. Pedi para a equipe ser paciente comigo porque não sou profissional e, no fim, deu tudo certo", conta.
 
Aliás, é na internet que a musicista avalia os elogios que recebeu com a campanha, que conta até o momento com 151 mil curtidas e mais de 4.500 compartilhamentos: “É muito gratificante ler depoimentos de pessoas que têm vitiligo, que sentem vergonha, escrevendo que sou um exemplo, que estão encorajadas a mostrar o corpo.”
 
Reprodução/ Facebook
Imagem: Reprodução/ Facebook
 
Fã da modelo americana Winnie Harlow, que também tem vitiligo, Eliane se sente honrada em poder dar voz a essa parte da população. “Estava mais do que na hora das empresas olharem para gente, mas antes tarde do que nunca! Fico feliz de poder fazer parte do projeto da C&A”, afirma.
 
Bullying 
 
Eliane, que pretende seguir carreira no mundo da moda após a experiência como modelo profissional, confessou que não passa um dia sem receber olhares de reprovação: “Lembro de um episódio como se fosse hoje: cruzei com um homem que estava de mãos dadas com a filha pequena na rua. Quando nos aproximamos, ele trocou a menina de lado para não passar junto de mim, como se o vitiligo fosse contagioso.”
 
Seu apoio veio da família, que sempre esteve ao seu lado, assim como a psicóloga da escola em que estudava. Mas nem todos os alunos foram compreensivos com Eliane. “Meus próprios amigos, antes de termos amizade, tinham preconceito e não chegavam perto de mim”, conta.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo