Moda

Mulher processa Zara depois de encontrar rato costurado em vestido

Reprodução/ Facebook
Imagem: Reprodução/ Facebook

Do UOL, em São Paulo

16/11/2016 16h29

Cailey Fiesel, 24 anos, comprou um vestido de US$ 40, cerca de R$ 140 (de acordo com a cotação do dia 16 de novembro de 2016) em uma loja da Zara em julho deste ano, em Nova York. O que não percebeu é que, segundo ela, um rato estava costurado na peça.  

Em entrevista ao jornal New York Post, Fiesel foi trabalhar com a roupa e notou um odor desagradável vindo do vestido e achou uma pata do roedor na costura. “Notei algo roçando na minha perna e pensei que fosse uma costura. Quando fui tirá-la, vi que não era um fio e que havia algo dentro. Achei que tinham esquecido um sensor, mas quando virei o pano, vi que era um rato."

Ela processou a Inditex, dona da Zara, por danos emocionais e também porque desenvolveu uma erupção de pele causada pelo contato com a pata de rato, conhecida como doença dos roedores. À publicação americana, um porta-voz da marca espanhola de roupas afirmou que a empresa está a par da ação e está investigando o caso. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo