SPFW

"Padrinho das tops" lança primeira coleção com time estrelado na SPFW

Andressa Zanandrea

Do UOL, em São Paulo

16/03/2017 21h00

Aos 19 anos, o pernambucano Dinho Batista deixou o Recife rumo a São Paulo atrás do sonho de ser estilista. Por falta de grana, teve que abandonar a faculdade de moda e arranjou um empego em uma agência de modelos --um jeito de não se distanciar tanto assim de seu maior projeto. Atuando como booker, ajudou meninas vindas de todos os cantos do país a se tornarem modelos internacionais. Nesta quinta-feira, (16), algumas dessas tops fizeram questão de estar na passarela da São Paulo Fashion Week, para desfilar a primeira coleção assinada por Dinho. Um sonho acalentando por 17 anos.

A paranaense Michelle Alves, a potiguar Fernanda Tavares e a paraense Carol Ribeiro estavam entre os destaques da Maison Alexandrine, marca da empresária Alexandra Fructuoso na qual Dinho fez sua estreia como estilista. "Deixei meus três filhos doentes em casa, em Los Angeles, para vir desfilar e fazer a campanha dele", contou Michelle, 38, hoje presença raríssima em eventos de moda. A gaúcha Cintia Dicker, 30, veio de Nova York para desfilar. "Cancelaria qualquer trabalho para vir, porque ele é praticamente da família", diz.

Angel da grife de lingerie Victoria's Secret, a pernambucana Emanuela de Paula veio exclusivamente para a apresentação --ainda esta noite, ela tinha voo marcado de volta para Nova York, onde vive. "O Dinho sempre foi muito verdadeiro. Diz se estou linda ou com uns quilinhos a mais e está sempre disponível para dar conselhos", contou a top. "Por isso o amamos e fazemos qualquer coisa por ele".

FESTA DAS TOPS

Nos bastidores do desfile, o clima era de festa e reencontro entre as modelos. Algumas não se viam havia anos. "Não estou nem acreditando que a Michelle está aqui! É um clima de amizade, senti a energia boa desde a prova de roupa", comemorou a paraense Carol Ribeiro, de 37 anos. "Encontrar as meninas é ótimo. Às vezes fico meio deslocada em alguns desfiles, que só têm meninas novinhas", disse a potiguar Fernanda Tavares, de 36 anos. "Não me sinto nem trabalhando. Encontrei as amigas, tomei café, comi risoto. É um momento de diversão", completou Emanuela.

Cada peça foi batizada com o nome de uma mulher importante na vida de Dinho. Além da mãe, da irmã, e das amigas tops, há homenagens as cantoras Paula Lima e Ivete Sangalo. "São minhas amigas. Mulher é a minha inspiração e sempre será", diz. Todas as modelos do casting foram alunas dele -- que ensina as meninas a desfilar. "Minha emoção maior é ver as modelos no backstage. Estou tão feliz e apaixonado! Todo mundo está me ligando. Parece até um batizado", compara.

Dinho já planeja o próximo desfile, na edição de verão da SPFW, em agosto. Mas não pretende de jeito nenhum abandonar a carreira de assessor pessoal das modelos. "Vou trabalhar de madrugada, dormir quatro horas por dia, se for preciso", afirmou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Beleza
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
Moda
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
Band Terra Viva
FFW
Band Entretenimento
do UOL
TV CARAS
Folha de S. Paulo
do UOL
Folha de S. Paulo
UOL Mulher - Moda
Topo