Moda

C&A faz coleção assinada por gigantes da moda praia com peças desde R$ 30

Eduardo Rezende/Divulgação
Lenny Niemeyer, Água de Coco, Blue Man e Cia. Marítima dão nome à nova coleção assinada de moda praia da C&A Imagem: Eduardo Rezende/Divulgação

Andressa Zanandrea

Do UOL, em São Paulo

27/11/2017 18h15

De olho no verão, a C&A se une pela primeira vez a quatro marcas ao mesmo tempo para lançar uma coleção assinada: Cia Marítima, Água de Coco, Blue Man e Lenny Niemeyer fizeram uma parceria com a rede fast fashion e são os nomes da Collection 4 Mares. São 250 itens -- 130 roupas --, com opções para mulheres, homens e crianças, e preços de R$ 29,99 a R$ 219.

As peças serão apresentadas durante desfile em São Paulo, na quarta-feira (29) e, em seguida, estarão disponíveis para compra no site da rede varejista. Haverá uma pré-venda no Shopping Iguatemi São Paulo no dia seguinte e, na terça (5), chegam a 71 lojas selecionadas.

Veja também

Desde 2009, a C&A faz parcerias com estilistas e marcas nacionais e internacionais em suas Collection. Em outros anos, inclusive, a rede já havia lançado coleções de moda praia assinadas nesta época -- mas geralmente com 40 ou 50 modelos. 

Paulo Corrêa, presidente da C&A, considera a 4 Mares -- maior Collection e o principal investimento do ano -- um marco histórico. "É algo realmente inédito no Brasil: escolhemos quatro marcas de relevância enorme e preservamos o DNA de cada uma. Parecia uma ideia muito louca, como assim quatro marcas ao mesmo tempo? Trabalhamos em conjunto com elas durante dez meses para contruir essa história."

Todos os produtos foram feitos no Brasil e as peças de praia têm proteção UV e são feitas de Lycra Xtra Life, que dura até dez vezes mais que os fios de elastano. "São produtos de muito valor e com muitos estilos diferentes ao mesmo tempo. O legal dessas parcerias é que trazemos um público novo para a C&A e ao mesmo tempo proporcionamos a inclusão dos nossos clientes, que podem fazer um armário grifado", observa Corrêa.

A distribuição das peças nas lojas será feita seguindo características de cada mercado. A expectativa é de que 20% do faturamento venha pelo e-commerce -- hoje a principal loja da rede. Confira, na galeria abaixo, algumas das principais apostas:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Ana Aoun
Moda
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
Topo