Moda

Paris Hilton diz que trabalha muito para se firmar como uma "marca"

Carolina Schwartz (Reuters)

14/09/2005 17h05

SÃO PAULO (Reuters) - Com as costas de fora em um vibrante vestido de alcinha em tons de azul, que desafiava a temperatura de 16 graus e o céu cinzento de São Paulo, Paris Hilton afirmou nesta quarta-feira que é muito mais do que uma abastada frequentadora de colunas sociais.

De passagem pelo Brasil para lançar uma linha de perfumes com seu nome, a modelo, socialite, protagonista de reality show e futura cantora disse que não quer ser conhecida simplesmente como a herdeira da cadeia de hotéis de sua família e que luta para se estabelecer como mulher de negócios.

"Minha família trabalha muito, meu bisavô foi carregador de hotel e acabou tendo seu próprio império Hilton. Quero ser conhecida por meu próprio mérito, trabalho muito para construir meu nome como uma marca", disse em entrevista coletiva em um bar de São Paulo.

"Tenho 24 anos, estou bem mais madura, já passei por muita coisa", acrescentou.

Entre os eventos desagradáveis a que se refere, certamente está um vídeo que circulou pela Internet, com cenas de sexo entre ela e um namorado -- imagens que de fato projetaram seu nome e rosto pelo mundo. Neste evento, no entanto, a assessoria que o organizou tomou cuidado para que o assunto não viesse à tona e proibiu os jornalistas presentes de fazer qualquer pergunta a esse respeito.

Paris também não quis falar sobre sua ex-melhor amiga Nicole Richie, com quem estrelou no reality show "The Simple Life" (exibido no Brasil pela Fox) e depois acabou brigando.

Ela pareceu mais à vontade quando opinou sobre moda, elegendo Roberto Cavalli, Dolce & Gabbana e Versace como suas grifes preferidas. Ela afirmou ainda que o maior crime fashion que uma mulher pode cometer é "furar meia-calça de propósito".

A norte-americana afirmou que tem muitos amigos brasileiros em Nova York e que considera o povo do país "o mais bonito do mundo".

Discreta na maquiagem e com os cabelos presos, a bronzeada Paris mostrou sua queda por diamantes em um anel e um relógio pink da coleção que lançará até o fim do ano.

A cor, por sinal, será o tema da festa de lançamento da fragrância no país, na noite desta quarta-feira, na Daslu. O evento, que custou 500 mil reais, contará com 80 mil flores na decoração e um tapete cor-de-rosa na entrada de 20 metros, segundo a produtora Jassi Lekach.

Quando questionada se todo esse glamour não contrastava com a trágica situação vivida nos EUA após a passagem do furacão Katrina, Paris mostrou-se solidária às vítimas e disse que sua família doou 6 milhões de dólares para a Cruz Vermelha e o Exército da Salvação.

"Minha família tem muita sorte, é importante ajudar outras pessoas", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Opiniões Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo