Moda

Modelos em tons sorbet descem escadaria em desfile da Chanel

21/01/2014 16h11

Por Alexandria Sage

PARIS, 21 Jan (Reuters) - Enquanto a maioria de outros estilistas pode se contentar com as armadilhas usuais de seus negócios - um salão escuro, uma passarela reta e falanges de modelos de olhares entediados - Karl Lagerfeld gosta de se divertir.

Para a coleção de alta-costura da Chanel, em Paris, nesta terça-feira, o diretor criativo Lagerfeld apresentou nada menos do que uma orquestra, um palco giratório, duas escadas curvas e mais de 60 ternos e vestidos em tons sorbet (também conhecidos como tons pastel) para a Primavera/Verão 2014.

Sob o teto do Grand Palais, o público extasiado foi confrontado com um espetáculo "oh-so-chic", enquanto modelos com sneakers brilhantes desciam a escadaria acompanhando a música.

"Para dar a roupas muito caras, feitas a mão e lindamente trabalhadas... uma atitude de algo que alguém veste na vida cotidiana, que traz a alta-costura, de certa forma, à realidade", disse Lagerfeld depois da apresentação, explicando a escolha do calçado.

Silhuetas foram apertadas à cintura - nada de exageros com alimentação para usuários da Chanel nesta temporada - com saias-espartilhos sob jaquetas recortadas em marfim pálido cremoso, lavanda e até um rosa choque.

Uma cintura apertada com brilhos negros separa dramaticamente quatro camadas de babados de seda num tom cinza-pombo metálico, plissados no corpete de um vestido com uma outra cascata de babados na bainha.

Ao combinar sneakers com o look altamente enfeitado da alta costura, Lagerfeld fez um aceno para a prevalência do estilo sportwear e mostrou o senso de humor como marca registrada.

As modelos emergiam de uma entrada do topo da dupla escadaria vestindo cotoveleiras e joelheiras prateadas, provavelmente para afastar as hordas de mulheres dispostas a matar por um look daqueles.

Paris servirá, até a sexta-feira, como uma vitrine de prestígio para um seleto grupo de casas de alta-costura cujas vestes são meticulosamente costuradas à mão por artesãos altamente qualificados.

A alta-costura - que devido ao preço proibitivo é usada por apenas algumas centenas das mulheres mais ricas em todo o mundo - tem efeito mínimo sobre as vendas de uma marca de luxo, mas é um dos principais motores do marketing para a indústria de luxo global de 275 bilhões de dólares.

(Reportagem adicional de Sunaina Karkarey)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo