Estilo de vida

Menino de 7 anos supera medo de falar com adultos

da BBC Brasil

Um menino britânico de 7 anos finalmente superou um bloqueio que o impedia de falar com qualquer adulto fora de sua família.

Lewis Fawcett, da cidade de Emsworth, sofria do chamado mutismo seletivo, um raro transtorno de ansiedade que é normalmente confundido com timidez.

"Quando estava entre outras crianças, Lewis era capaz de se comunicar como elas, mas bastava chegar um adulto para ele ficar completamente mudo. Era possível ver o medo nos olhos dele", disse à BBC Brasil Erika Biddlecombe, professora do menino há um ano.

Apesar de representar apenas 1% dos casos de distúrbios mentais catalogados pela Associação Psiquiátrica Americana, o mutismo seletivo é, segundo Biddlecombe, "mais comum do que se pensa".

"Lewis é o terceiro caso na minha carreira. O problema costuma ser minimizado por pais e professores, e muitas vezes passa despercebido", afirmou.

Emails

Os pais de Lewis perceberam o problema após assistir a um documentário na televisão, em 2006. Ele então foi diagnosticado com o distúrbio.

Eles, no entanto, não sabem a origem do mutismo do filho, mas desconfiam de um acidente sofrido quando ele era bebê que o deixou com a voz rouca.

Segundo Biddlecombe, apenas nos últimos três meses, Lewis começou a demonstrar confiança para falar com ela.

"Foi um processo que começou há quase um ano. Ele inicialmente me mandava emails com mensagens sobre a escola e as aultas, depois passou a deixar recados na minha secretária eletrônica", conta.

Ao final de algumas semanas, ele passou a ler seus livros e sua lição de casa para a professora por telefone. Na escola, ia acompanhado da mãe para as aulas de leitura.

"Finalmente, na semana passada, Lewis nos surpreendeu ao se levantar e falar diante de 260 pessoas durante a reunião geral de alunos e professores da escola", contou Biddlecombe.

Para ela, no entanto, é impossível prever quanto tempo ele levará para retomar a confiança para dialogar normalmente com outros adultos.

"Toda criança é diferente, mas estou otimista porque Lewis está muito orgulhoso de suas conquistas e animado para continuar", afirmou.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Redação
Redação
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Projetos
do UOL
BBC
Glamurama
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
UOL Estilo
Redação
do UOL
Moda
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
UOL Mulher - Moda
Topo