Estilo de vida

Pâtisseries investem em doces com cara, preço e até ingredientes de jóia

Chris Campos/UOL
Chocólatra é uma das especialidades polvilhadas com ouro em pó da Pâtisserie Mara Mello Imagem: Chris Campos/UOL

CHRIS CAMPOS
Colaboração para o UOL

11/09/2007 19h47

Certos prazeres valem exatamente o quanto custam. É o caso de doces assinados por chefes confeiteiros, as estrelas das grandes pâtisseries. Eles se orgulham de inventar combinações exóticas, de ir ao limite do luxo nos sabores tradicionais e de confeccionar doces que mais parecem obras de arte nas vitrines de suas lojas. Público para isso eles têm. São consumidores que conhecem o valor de iguarias feitas com tamanho capricho. E agradecem a oferta de lugares para provar das delícias, mesmo que elas custem um pouco mais caro. Um doce de receita mais rebuscada, por exemplo, pode sair por até R$ 8,50 a unidade e bombons especialíssimos podem custar até R$ 250,00 o quilo.

Esta semana uma casa novinha em folha estréia em São Paulo. A Pâtisserie Mara Mello, inaugurada no dia 11 em pleno agito decorativo da rua Gabriel Monteiro da Silva, aposta em doces que são jóias gastronômicas. Alguns deles são até polvilhados com ouro em pó. É o caso do Chocólatra: massinha de biscoito, souflée e ganache, tudo de chocolate. É para comer com os olhos. "A intenção é fazer um doce que tenha tanto um apelo visual quanto um sabor sofisticado e único", justifica Mara. "Os doces são elaborados para pessoas que apreciam a boa culinária, feitos com os melhores ingredientes, mas nunca esquecendo a parte visual, o que leva a pessoa a querer experimentar".

A grife Pati Piva também aposta na máxima de que a primeira impressão é sempre a que fica. As trufas comercializadas em seu 'corner' na Daslu têm um apelo visual de matar. Dá para se perder nas cores e no cardápio de opções: champanhe, capuccino, limão, amêndoas, baunilha. Outro docinho campeão de audiência por lá é a Bruxinha, biscoito recheado de brigadeiro, doce-de-leite ou bicho-de-pé e coberto com chocolate. Já no quesito beleza, a rosa de chocolate branco é imbatível.

Além do luxo na apresentação, a escolha dos ingredientes e o capricho no preparo é o que diferencia uma simples bomba de chocolate de uma éclair com assinatura de um chef. O doce é uma das especialidades da Pâtisserie Douce France, instalada há seis anos no bairro dos Jardins e comandada pelo chef francês Fabrice Lenud, com 30 anos de experiência no currículo. Seu maior orgulho é a produção 100% artesanal, que mantém em nome do padrão de qualidade de seus doces. O hit de sua pâtisserie, além da éclair de chocolate, é o tradicionalíssimo Mil Folhas, responsável por 12% do faturamento da loja. O sucesso é atribuído a cuidados considerados básicos pelo chef. "Primeiro, eu escolho os ingredientes; depois, eu penso no preço", conta Fabrice, contrariando a regra geralmente inversa do mercado.

O mesmo critério vale para boutiques de chocolates como a Neuhaus. Afinal de contas, se é para se jogar na primeira caixa de chocolates que vir pela frente, então que ela seja maravilhosa - e valha cada caloria ingerida. Entre os prazeres que você precisa ter uma vez na vida, estão os bombons da grife belga, que abriu a primeira lojinha há 150 anos, tem catálogo com as "coleções" de chocolates lançados no ano e conta com duas filiais em São Paulo. Todos os chocolates da marca vêm diretamente da Bélgica. E entre os mais desejados do momento, na onda dos chocolates com até 75% de cacau na composição, estão os bombons Art Nouveau, recheados com ganache extra amargo, e Astrid, recheado com creme gianduia e coberto com uma finíssima camada de açúcar rompida deliciosamente à primeira mordida. Mas o hit da marca, vendido apenas sob encomenda, é o Caprice, feito com chocolate amargo, seguido por uma delicada camada de nougat (massinha de mel, açúcar e amêndoas) e recheio de creme chantilly fresco.

No álbum de fotos, você vê algumas destas especialidades que valem ouro.

Serviço:
Pâtisserie Mara Mello
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1308,
Tel: 0/XX/11 3081-5229
www.maramello.com.br

Pati Piva
Av. Chedid Jafet, 131; R. Oscar Freire, 154; Av. Cidade Jardim, 790
Tel: 0/XX/11 3841-3018; 0/XX/11 3062-5046; 0/XX/11 3816-4344

Neuhaus
Al. Lorena, 1898; Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, piso Faria Lima
Tel: 0/XX/11 3088-7117; 0/XX/11 3815-8831

Pâtisserie Douce France
Al. Jau, 554; Av. Roque Petroni, Jr, 1089, piso Lazer
Tel: 0/XX/11 3262-3542; 0/XX/11 5189-4584
www.patisseriedoucefrance.com.br/

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo