Estilo de vida

Com bebê dançarina, Despacito ganha versão feminista e conquista a internet

Do UOL

14/06/2017 13h49

Sabe aquele hit chiclete que o mundo inteiro cantou? Agora, acompanhado de um ukelelê e uma bebê dançando, "Despacito" volta a ser sucesso na internet por uma nova letra dada à canção.

A música ganhou uma versão com letra feminista, criada pelo movimento “Ni una a menos” (“Nenhuma a menos”, em português). O coletivo surgiu em 2015, na Argentina, após histórias trágicas de mortes de mulheres no país.

A responsável pelo estouro da nova versão é Natalia Maderna, radialista e ativista pelos direitos das mulheres. Com o charme da dancinha de sua filha, de 1 ano, a publicação dela, feita em 1º de  junho, teve 347 mil visualizações.

Mas a internet brasileira pirou mesmo na canção quando o vídeo ganhou legendas da página Quebrando o Tabu. Em menos de 24 horas foram 760 mil visualizações.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo