Relacionamento

Jolie conta que chorava no banho para não preocupar filhos após divórcio

Mert Alas and Marcus Piggott.
Angelina Jolie foi capa da Vanity Fair Imagem: Mert Alas and Marcus Piggott.

Do UOL, em São Paulo

26/07/2017 16h01

Capa da edição de setembro da revista "Vanity Fair", Angelina Jolie falou pela primeira vez sobre o fim de seu casamento com Brad Pitt. E, assim como qualquer mulher com o coração partido, confessou ter chorado no banho, sozinha. Segundo a atriz e diretora, as coisas ficaram "difíceis" quando seu filme "First They Killed My Father" entrou no processo de pós-produção.

"Não quero que meus filhos se preocupem comigo. Eu acho muito importante chorar no chuveiro e não na frente deles. As crianças precisam saber que tudo vai ficar bem, mesmo quando você não tem certeza", afirmou.

Em setembro passado, Jolie, de 42 anos, pediu o divórcio de Pitt, 53, depois de dois anos de casamento e 12 anos juntos. Enquanto ambos se envolveram em uma desagradável batalha de custódia sobre seus seis filhos, que incluiu acusações de abuso infantil contra Pitt que já foram esclarecidas, a atriz contou que ela e seu ex-parceiro continuaram unidos por terem colocado a família em primeiro lugar. "Nós nos preocupamos um com o outro e com nossa família, trabalhando no mesmo objetivo", explicou.

Sem detalhes

Enquanto Pitt falou da separação em uma entrevista sincera para a "GQ Style" no início deste ano, revelando ter optado por ficar sóbrio após perceber que o hábito de beber causou problemas em sua vida, Jolie foi concisa sobre o fim do relacionamento. "[Nosso estilo de vida] não foi, de modo algum, negativo", afirmou. "Esse não foi o problema. Isso é e continuará a ser uma das maravilhosas oportunidades que podemos dar aos nossos filhos ... São seis indivíduos de mentalidade muito forte. Estou muito orgulhosa deles ".

Sem ser mais específica, Jolie acrescentou que seus filhos foram "muito corajosos" quando precisaram ser. Na mesma matéria, Jolie também revelou que foi diagnosticada com a paralisia de Bell, que pode paralisar os músculos de um lado do rosto. "Às vezes, as mulheres nas famílias se colocam por último até se manifestar algo de errado em sua própria saúde", explicou.

Entrando na segunda metade de 2017, Jolie sente-se à vontade na direção de sua própria vida. "Eu realmente me sinto mais mulher porque estou sendo inteligente com minhas escolhas, e estou colocando minha família em primeiro lugar, além de estar no comando da minha vida e da minha saúde. E acho que é isso que me torna uma mulher completa ", afirmou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Opiniões Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Topo