Estilo de vida

Essa mulher fazia brownies tão bons que roubaram seu marido por causa deles

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/09/2017 18h43

Dois anos atrás, uma mulher chamada Sydne Newberry deixou um comentário na seção de avaliações de uma receita de brownies publicada pelo "NY Times" que já é considerado um dos melhores de todos os tempos. Em pouco mais de 400 caracteres, Sydne introduziu os leitores a uma história de intriga, tensão e drama, com uma reviravolta inesperada:

Esta foi minha receita de brownies dos últimos 30 anos, mesmo depois de frequentar a escola de culinária! Eu concordo que usar o melhor cacau possível faz toda a diferença. Hoje em cima, uso Callebaut. Nos anos 1980, uma conhecida da Alemanha - a quem eu levei alguns dos brownies e que se achava uma grande cozinheira - pediu a receita, mas nunca conseguiu acertar. Ela continuou me perguntando o que estava fazendo errado e eu mesma nunca consegui solucionar o problema. Eventualmente, ela se mudou para os Estados Unidos e roubou meu marido!"

A história viralizou várias e várias vezes no Twitter e, na última delas, o site "The Cut" foi atrás de Sydne para saber todos os detalhes daquela trama. Ela mora em Los Angeles, é nutricionista e faz análise de relatórios médicos para agências do governo americano. Vocês estão preparados? Com a palavra, Sydne Newberry!

Meu então marido de oito anos foi transferido pela Força Aérea para uma posição temporária na Alemanha. Lá, conhecemos um dos colegas de trabalho dele e sua esposa, uma linda italiana que dizia cozinhar muito bem e era um pouco esnobe. Em uma visita ao casal, levei meus brownies e ela gostou tanto deles que pediu a receita. Por algum motivo, ela não conseguia acertar o ponto e me escreveu diversas vezes pedindo ajuda, e até chegou a insinuar que eu tinha escondido alguma parte da receita de propósito.

Três anos depois, quando já havíamos voltado para os Estados Unidos, a mulher nos visitou e contou que ela e o marido tinham se separado. Algumas semanas depois, enquanto ela ainda estava lá, eu encontrei um dos meus vizinhos na rua e ele me perguntou se eu não me incomodava com o fato do meu marido e minha visita estarem tendo um caso. Eu não acreditei nele até que um dia, ao chegar em casa, peguei os dois no flagra!

Ela voltou para a Alemanha e meu marido pediu um milhão de desculpas e disse que queria continuar casado comigo e que aquilo nunca mais iria acontecer. Mas logo ele inventou uma 'viagem de trabalho' para a Alemanha e eu aproveitei a oportunidade para me mudar e nunca mais falei com nenhum dos dois"

O capítulo seguinte da história de Sydne, no entanto, tem um final feliz (pelo menos para ela!): ela mudou-se para Washington D.C. e casou-se com seu atual marido, a quem chama de "o amor da sua vida".

Mas, e os brownies? "Ironicamente, meu atual marido passou anos sem experimentar os brownies porque ele pensava que era alérgico a ovos. Quando ele finalmente descobriu que não era mais, ele provou e amou os brownies". Você entendeu, leitor? Ele amou os brownies!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Estilo de vida

Topo