Estilo de vida

6 assuntos que você não deveria compartilhar com seus pais

Getty Images
Ao falar com os pais sobre a velhice deles, é preciso conduzir a conversa com respeito e cuidado Imagem: Getty Images

Carolina Prado e Gabriela Guimarães

Colaboração para o UOL

02/10/2017 04h00

Você considera seus pais como grandes amigos? Ótimo! Mas não é por isso que dá para falar qualquer tipo de coisa com eles --e de qualquer maneira. Convém, sempre, cuidar para não deixá-los preocupados sem necessidade. Ou magoar alguém.

A seguir, os psicólogos Arthur Dubrule, Camila França, Juliana Orrico e Kátia Mestriner sugerem alguns assuntos que você deve pensar duas vezes antes de abordar com seus pais.

1 - Suas aventuras sexuais

Tudo bem, a sociedade evoluiu e diversos tabus foram quebrados com o passar dos anos. Mas alguns pais, por mais liberais que sejam, podem se chocar com detalhes da sua vida sexual, aqueles que você contaria de boas para amigos, sabe? Da mesma forma que é constrangedor imaginar seus pais transando, também pode ser desagradável para eles pensarem nos filhos na mesma situação. Claro, há exceções, por isso é preciso avaliar.

2 - A preocupação com a velhice deles

Todos nós estamos envelhecendo e falar com os pais sobre o futuro deles na terceira idade é importante. Mas o assunto deve ser abordado de maneira bem delicada, porque é comum que isso gere uma certa ansiedade, medo da morte ou dependência. Não dá para fingir que o tempo não passou, mas é preciso respirar fundo e encarar essas conversas com respeito e cuidado. Ainda que você realmente precise tomar decisões por seus pais (caso eles não tenham mais autonomia, por exemplo), é importante sempre levar as opiniões deles em consideração.

3 - As brigas com o parceiro

Às vezes, em um momento de raiva, a gente pode ir correndo para o colo da mãe ou do pai reclamar do parceiro. E é normal que eles tomem as nossas dores e também fiquem com raiva. O problema é que, geralmente, você e o seu par fazem as pazes logo, mas os pais mantêm um pé atrás com o genro ou nora. Se for para expor seus problemas conjugais, tenha cuidado para que eles não tomem partido, o que pode desgastar o relacionamento familiar.

4 - O segredo de um irmão

Se seu irmão estiver correndo algum risco sério, talvez seja importante que você conte a seus pais (em um mundo ideal, é melhor avisar seu irmão antes de fazer isso). Mas, do contrário, é bom manter a lealdade. Até porque, revelar algo que não deveria pode soar como fofoca e, além de queimar seu filme com o irmão, poderá colocá-lo em alguma saia justa.

5 - A (má) criação que eles te deram

Você até pode achar que eles escorregaram na sua criação em alguns aspectos. Mas vale tentar entender que seus pais fizeram o que acharam melhor --muitas vezes, sem alguém para dar conselhos e orientar. A criação que eles tiveram, provavelmente, influenciou no modo como criaram você. Quando você tem isso em mente, fica mais fácil aceitar o que, na verdade, não dá mais para mudar. 

6 - Os seus problemas financeiros

Use o bom-senso neste tópico. Seus pais podem ajudar você concretamente, com bons conselhos ou com empréstimo de dinheiro? Caso sim, pode valer a pena compartilhar seus problemas com eles. Agora, se eles não podem fazer nada a respeito, não há razão para envolvê-los nas suas dívidas, principalmente se eles forem muito emotivos. Dinheiro e emoção não combinam. Seja prático e poupe seus pais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Estilo de vida

Topo