Estilo de vida

Taís Araújo é homenageada em premiação de revista por seu trabalho social

Biofoto/Flavio Santana
A homenageada da noite, Taís Araújo Imagem: Biofoto/Flavio Santana

do UOL, em São Paulo

03/10/2017 13h26

Menos de um mês depois de entrar para a lista dos 100 negros mais influentes do mundo e jantar ao lado de Obama, Taís Araújo teve mais uma noite emocionante por conta de seu trabalho de combate ao racismo e incentivo à representatividade das mulheres em todas as áreas. 

A atriz foi a homenageada especial da edição 2017 do prêmio "Claudia", organizado pela revista da Editora Abril. Das mãos da colega Arlete Salles, Taís recebeu não só o troféu como um discurso carinhoso: "Vim entregar este prêmio a uma das pessoas que mais admiro e amo como filha, irmã e amiga. Ela está vivendo um momento lindo de crescimento profissional e pessoal. E, como brasileira, ela nos orgulha muito. Na semana passada, esteve nos Estados Unidos para receber o reconhecimento da ONU, ao lado de Lázaro Ramos, como um dos casais mais representativos do mundo. Querida, eu amo você", disse Arlete.

Em seu Instagram, Taís falou sobre o significado da noite para ela:

"Ainda pensando muito em todas as emoções vividas na noite de ontem no #PrêmioCLAUDIA2017... pude estar perto de tantas pessoas incríveis, gente como a gente mostrando através dos seus trabalhos e ideias que há sim possibilidade de um Brasil melhor. A mudança que tanto queremos no nosso país não ocorrerá milagrosamente, ela está nas nossas mãos, na força e na vontade de todos nós que arregaçamos as mangas pra transformar a realidade. Saí da Sala São Paulo muito mais forte que entrei, saí de lá com a alma nutrida por pessoas que reconhecem no outro uma força de mudança, não importando sua origem, pq origem não determina destino.

Saí de lá com um prêmio/homenagem, que foi uma surpresa, nas minhas mãos, mas meu maior prêmio mesmo é viver num tempo em que a mudança pode ser feita por todos nós, a sociedade civil. Vamos fazer essa mudança juntos?", escreveu.

No palco, Taís ainda agradeceu e refletiu: “Eu queria tanto que as crianças tivessem as mesmas oportunidades nesse país. Eu só acredito em mobilidade social através da educação. E quando eu fico firme com o meu filho e ele me desafia, eu falo para ele: ‘você vai cansar, porque eu sou incansável’. Para todos os trabalhos que vimos hoje aqui no palco, nós precisamos ser incansáveis”. 

O prêmio Claudia foi apresentado por Eduardo Moscovis e teve Elza Soares cantando no palco. O evento ainda destacou os trabalhos de mulheres de diversas áreas em oito categorias, entre elas, Cultura, Ciências, Negócios, Trabalho Social, Políticas Públicas e mais. Veja algumas imagens da noite:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo