Estilo de vida

De Dória à Rainha: Famosos brancos são retratados como negros em exposição

Reprodução/Instagram
João Doria Jr e Elizabeth 2ª são algumas das personalidades na exposição "Pourquoi pas?" Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

27/11/2017 20h47

A rainha Elizabeth 2ª, Gisele Bundchen, João Dória Jr, Dilma, Xuxa, Silvio Santos e até William Waack -- que recentemente foi afastado da TV por comentários racistas -- de repente viraram negros. Isso ao menos na exposição "Pourquoi pas?" ("Por que não?", em tradução livre do francês), que será inaugurada no próximo dia 2.

Criada por Alexandra Loras, ex-consulesa da França no Brasil, a mostra tem imagens de 20 personalidades brancas modificadas digitalmente para escurecer a cor da pele e mudar cabelos e alguns traços físicos.

Em suas redes sociais, Alexandra divulgou algumas das obras que estarão na exposição e explicou a ideia da exibição. "Nesse mundo 'invertido', eu proponho, com uma dose de humor e ironia, uma reflexão mais profunda sobre o protagonismo do negro na história", escreveu. 

Veja também

Versão negra de Gisele Bundchen, na exposição

Rapidamente, as fotos provocaram burburinho nas redes sociais e vários internautas apontaram que o trabalho feito por Alexandra seria, na verdade, uma espécie de "blackface digital". "Isso não é a representação pra ninguém, é ofensa", opinou uma seguidora de Alexandra no Instagram. "Queria entender o que você quer com esse projeto. Não acrescenta nada, mas só atrapalha e banaliza a nossa luta", disse outro.

Na imagem alterada de Gisele Bundchen, Alexandra perguntou na legenda se alguém sabia de quem se tratava. Como resposta, uma internauta escreveu: "Que vergonha. Sei quem é sim... uma branca padrão, elitizada, que apoiou o golpe, e não representa nem nunca representou ao povo negro".

Procurada pela reportagem, Alexandra não respondeu ao pedido de entrevista até o fechamento deste texto. Em seu perfil no Facebook, porém, ela rebateu as críticas e negou que o trabalho apresentado tivesse relação com a prática do blackface.

"Como artista negra, meu objetivo é fazer uma reflexão sobre o protagonismo do negro na sociedade brasileira sem dar qualquer conotação pejorativa aos personagens retratados, mas sim mostrar como o eurocentrismo atual é chocante e absurdo para os negros, pois não somos representados de maneira digna, respeitosa e igualitária. Meu desejo é provocar uma reflexão e não resgatar uma ferramenta considerada racista e que ridiculariza o negro", escreveu.

A exposição vai acontecer de 2 a 22 de dezembro na Galeria Rabieh (Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 147, Jardim América, São Paulo).

Silvio Santos


Xuxa


WIlliam Waack


Marilyn Monroe


Ana Maria Braga


Brigitte Bardot


Dilma


Jô Soares

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo