Estilo de vida

6 conselhos de Luana Piovani sobre sexo e relacionamento

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

02/12/2017 15h02

Em seu canal "Sem Freio", no YouTube, entre outras outras coisas, Luana Piovani responde perguntas dos fãs. No vídeo publicado nesta sexta-feira (1), a atriz falou sobre relacionamentos amorosos, sexo e fez jus ao nome do canal. 

Veja também:

A seguir, veja as questões mais polêmicas e os conselhos de Luana para elas: 

1) Na intimidade do casal vale tudo? A Luana poderia fazer papel de Luan, por exemplo? 

"Em toda relação, o combinado não sai caro. Não dá para ir trepar pela primeira vez com a pessoa e achar que ela vai gostar de apanhar ou trocar os papeis. Vai devagar. Uma vez que você vive a relação sexual, que pode falar sobre ela e descobrir e ampliar os horizontes, tudo que é combinado e a pessoa for gostar, pode! Amorzinho, o bom é se divertir, desde que seja combinado", disse a atriz. 

2) Devemos contar tudo do passado amoroso para o novo amor? 

"Quem falou essa imbecilidade? Para que ficar passando nota fiscal do que já viveu? Se um dia está rolando uma D.R. e faz sentido falar algo que você aprendeu em alguma outra relação, tudo bem. Agora ficar contando.... Eu não pergunto. Não quero saber. Não faz sentido. Não fale do passado. A pessoa quer mostrar experiência e é uma burrice."

3) Você fez algo ruim para uma pessoa querida, mas ela não teria como saber. Ainda assim você contaria e pediria perdão? 

"Gente, onde vocês estão vivendo? Para que contar se a pessoa nunca vai saber? Só para a pessoa passar aquela dor e você passar aquela dor de estar fazendo aquela pessoa sofrer? Para depois aliviar isso tudo? Sofre só você e digere. Fica no aí no seu silêncio e na sua culpa. E depois vai aliviando."

4) Os defeitos do parceiro pioram depois do casamento?

"Acho que podem melhorar. Acredito na evolução do ser humano. Mas a gente tem que escolher uma pessoa que os defeitos não incomodem muito, que em uma escala de zero a 10 [o incômodo] seja três, quatro. Na minha relação, existem coisas no Pedro [Scooby] que me deixam louca. Mas para essas falhas, eu vislumbro uma evolução próxima. Ele tem 29 anos. Imagino que com 35, 40, vai estar muito melhor porque é uma pessoa que quer evoluir. E são coisas pequenas, simples, como falta de organização. Nada que a idade e maturidade não resolvam." 

5) Você seria adepta de uma relação aberta?

"Não dava conta. Ia ser a mais piranha do mundo. Do que adianta estar casada se você está solteira? Não sei fazer conta que não é matemática. Sou terra, virgem... Gosto das coisinhas com regras! Funciono melhor assim."

6) O dinheiro interfere na relação amorosa? 

"Na hora da dificuldade, é difícil segurar uma relação. Já paguei viagem, restaurante, passagem, mas ganhei muita coisa também. Já ganhei muita joia maravilhosa, mas também já dei muito relógio bom. Mas acho que dinheiro influencia. É algo tão forte na nossa atualidade, influencia as relações pessoais e ainda mais as amorosas. Mas a dica é que tudo vale a pena, se o beijo é gostoso e a calcinha molha, não importa se é pobre, alto, rico.... Mas legal, todos têm que ser."

 
Veja o vídeo completo:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo