Vida no trabalho

Trabalho doméstico e cuidado de pessoas ainda é coisa de mulher no Brasil

Getty Images
Imagem: Getty Images

Natacha Cortêz

Do UOL, em São Paulo

07/12/2017 10h00

Dados divulgados nesta quinta-feira (7) pelo IBGE mostram que os afazeres domésticos ainda são, em sua maioria, realizados pelas mulheres. Em 2016, enquanto 89,8% das mulheres foram responsáveis por, por exemplo, cuidar da casa, preparar alimentos e cuidar de animais, 71,9% dos homens fizeram o mesmo.

Importante ressaltar que entre os “afazeres domésticos” considerados pela Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) estão ações que vão desde preparar ou servir alimentos e arrumar a mesa e a casa até fazer a manutenção do domicílio e do automóvel ou pagar contas e contratar serviços.

Ainda dentro da categoria “afazeres domésticos” existe alguma desigualdade entre mulheres brancas, pretas e pardas.

Em 2016, foi registrado que 89,1% das mulheres brancas realizaram tarefas domésticas, enquanto 90,9% das mulheres pretas e 90,3% das pardas o fizeram no mesmo período.

O levantamento ainda investigou outra forma de trabalho, o cuidado de pessoas. De acordo com a Pnad Contínua, do total de 166,7 milhões de pessoas em idade de trabalhar no ano passado, 26,9% realizaram cuidados de moradores do domicílio ou de parentes não moradores, o que corresponde a 44,9 milhões de pessoas. Dessas, novamente há uma discrepância entre gêneros. Ao passo que 32,4% das mulheres realizaram esse tipo de cuidado, entre os homens essa proporção foi de 21,0%.

Veja também

Em relação ao trabalho que envolve cuidar de pessoas, foram consideradas as seguintes tarefas: auxiliar nos cuidados pessoais (alimentar, vestir, pentear, dar remédio, dar banho, colocar para dormir); auxiliar nas atividades educacionais; ler, jogar ou brincar; monitorar ou fazer companhia dentro do domicílio; transportar ou acompanhar para escola, médico, exames, parque, praça, atividades sociais, culturais, esportivas ou religiosas.

Se analisadas as duas formas de trabalho – afazeres domésticos e cuidados de pessoas, que costumam ser realizadas concomitantemente – o resultado fica: 90,6% das mulheres e 74,1% dos homens. A Região Sul do país apresentou o maior percentual de pessoas que executaram tais atividades, tanto entre os homens quanto entre as mulheres (81,5% e 93,1%, respectivamente)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Comportamento
BBC
Redação
BBC
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Topo