Estilo de vida

Cachorrinha obesa perde mais da metade de seu peso e volta a andar

Arquivo/Muttville Senior Dog Rescue
A chihuahua Bertha pesava 5,5 kg, muito acima do ideal para a sua raça Imagem: Arquivo/Muttville Senior Dog Rescue

do UOL, em São Paulo

18/01/2018 16h11

A cadelinha Bertha, da raça chihuahua, deu uma verdadeira volta por cima. Depois da morte de seu dono, ela chegou a pesar 5,5 kg — pouco mais de duas vezes o ideal para a sua raça —, o que a impedia de andar.

Mas, ao ser resgatada por um abrigo e receber cuidados para tratar as convulsões e o sobrepeso de que sofria, ela conseguiu emagrecer e dar seus passos por aí.

Veja também

A história de superação de Bertha foi contada por sua nova dona, Allison Hackett ao portal de pets "The Dodo". Ela adotou a cachorrinha em agosto, depois de ver os posts sobre a jornada difícil que ela estava enfrentando para recuperar sua saúde no Instagram do "Muttville Senior Dog Rescue", que havia a acolhido.

"Eu a achei tão fofa e ela tinha a carinha e o jeitinho mais doce. Eu não tinha certeza se queria adotar um cachorro, mas eu continuava voltando ao Instagram e não conseguia tirá-la da minha cabeça", disse Allison.

Àquela altura, Bertha já havia perdido 450 g, mas a nova dona se comprometeu a ajudá-la nesta tarefa. "Basicamente, ela tem feito uma dieta restritiva, comido alimentos que estimulam seu metabolismo e se movimentando tanto quanto possível. Ela ganha cenouras para beliscar".

Em 9 de janeiro, a cadelinha já havia chegado aos 2,67 kg.

"Ela literalmente não tinha nenhuma personalidade, ela não conseguia nem balançar o rabo. Assim que começou a perder peso e pode tomar menos remédios para tratar as convulsões, ela se tornou um cachorro completamente diferente. É como o dia e a noite. Ela balança o rabo, pula, se anima a comer e corre em círculos", conclui a nova dona.

Veja sua evolução:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo